Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 05/07/2016 - 13:57h.
Análise do Vitão: Exorcizando Nossos Fantasmas

Saudações Palestrinas!

Líderes isolados, temos o artilheiro do campeonato, melhor ataque, dono do futebol mais bonito. Pouco a pouco vamos vencendo as barreiras impostas pela mídia, arbitragem, STJD e também exorcizando alguns fantasmas que rodam a cabeça da maioria dos Palmeirenses.

Até um passado bem recente tropeços em casa contra:  Santa Cruz, América – MG e Figueirense eram uma certeza para nós, da mesma forma vencer o Sport em Recife se tornou um grande tabu nos últimos anos.

Hoje temos elenco e por mais que tenhamos desfalques importantes para o jogo contra o Santos, sabemos que o Cuca vai armar um time igualmente forte.

O jogo contra o Figueirense foi uma aula de futebol; Moisés comandou o time enquanto esteve em campo, Dudu, Jesus, Guedes, Tchê Tchê e cito especialmente a atuação do Zé Roberto, grande partida!

Barrios entrou no segundo tempo e deixou a imprensa mordendo os cotovelos de raiva, por não fomentar uma crise entre o Paraguaio e o Técnico Cuca.

Confio no Barrios, tenho certeza de que será uma peça importante para a conquista do campeonato.

Não tivemos dificuldades e a goleada foi construída naturalmente, empolgando nossa sempre presente torcida e causando desespero na mídia nefasta que sempre tenta arrumar algo para nos diminuir.

Liderança isolada mantida, seguimos para Recife, onde fomos derrubar mais um fantasma.

O Cuca aprendeu no jogo contra o Cruzeiro que não adianta jogarmos sem volante de contenção fora de casa, desta forma armou um time mais cauteloso para segurar o ímpeto do Sport que jogava diante de sua torcida em uma situação difícil na tabela.

Outra novidade foi o zagueiro Colombiano Mina, achei um tanto quanto afobado, mas isso é facilmente explicado por ser o seu primeiro jogo. Fica difícil fazer uma avaliação, porém, tenho confiança que vai nos ajudar muito.

O gol no começo do jogo, além de jogar um balde de água fria na cabeça do time do Sport, serviu para dar confiança para o garoto Erik; talvez a contratação mais badalada do time para 2016, que ainda não justificou a sua vinda.

O jogo seguiu sob controle durante todo o primeiro tempo, Roger Guedes teve uma ótima chance de ampliar o placar mas chutou fraco nas mãos do goleiro.

No segundo tempo o gol do Sport saiu de uma falha de nosso sistema defensivo, mas em momento algum o Palmeiras demonstrou abatimento, mesmo após a contusão do Moisés, que tem sido na minha opinião o principal jogador do time neste BR 16.

Fomos para cima, Jesus perdeu a primeira oportunidade de fazer o segundo gol após belo passe de Erik, porém, na segunda oportunidade não perdeu: 2x1.

Cleiton Xavier entrou muito bem na partida, deu um belo passe para Jesus, que sofreu pênalti, Xavier foi para a cobrança e deu números finais ao marcador.

O destaque da partida foi Gabriel Jesus, Thiago Santos também fez um ótimo jogo, porém, juntamente com Roger Guedes tomaram o terceiro cartão amarelo e os 3 estão fora do clássico contra o Santos.

Isso não me preocupa! Eu até acho que o Cuca errou em não tirar o Roger Guedes no segundo tempo, dando oportunidade por exemplo para o Barrios, porém, chegou a hora de mostrarmos a força do nosso elenco.

Vitória merecida, mais um fantasma enxotado de nossa memória, logo depois do jogo contra o Santos continuaremos nossa caça aos fantasmas recentes, teremos o jogo contra o Inter no Beira Rio.

Um passo de cada vez, um fantasma por vez, estamos caminhando rumo à redenção, sempre contra tudo e contra todos.

Um grande abraço!

Vitão
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!