Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 08/08/2016 - 18:29h.
Análise do Vitão: Fim da Soneca
Saudações Palestrinas!

Em uma competição longa como o campeonato brasileiro seria muito difícil não termos uma queda de rendimento, e espero sinceramente que o nosso período ruim tenha se encerrado.

Contra tudo e contra todos muito possivelmente terminaremos o primeiro turno na liderança, aliás, este tem que ser o lema do Palmeiras sempre: Contra tudo e contra todos! Roubos, convocações, contusões, propostas para nossos jogadores, etc... São alguns exemplos do que passamos até então.

O segundo turno será muito mais complicado, temos que ficar espertos principalmente com o Atlético-MG, uma vez que possuem um excelente elenco.

Poderíamos ter vencido o jogo contra a Chapecoense, jogamos razoavelmente bem, apesar da queda brusca de rendimento de alguns jogadores.

O Vagner infelizmente entrou em campo muito nervoso, vejo um grande potencial no garoto, mas infelizmente não é o momento dele no Palmeiras. Falhou, só não falhou mais do que o bandeirinha que validou um lance ilegal.

Novamente após sofrermos o gol, o time ficou desestabilizado e não teve forças para buscar o empate no primeiro tempo.

Dudu que começou o jogo no banco entrou no segundo tempo, porém, estava visivelmente sem vontade. Cleiton Xavier e Leandro Pereira também fizeram uma péssima partida.

Com a entrada de Barrios e Allione o time melhorou muito, fomos mais objetivos e conseguimos o empate com o Jean convertendo o pênalti sofrido por Cleiton Xavier.

O resultado acabou sendo positivo para nós, visto que o risco de derrota era eminente após termos sofrido o gol, porém, deixamos de somar 2 pontos teoricamente fáceis, pois a Chapecoense não fez uma grande partida.

O jogo de ontem foi muito diferente em vários aspectos; começando pelo gol, tínhamos um goleiro vibrante e seguro e também um time com muito mais garra em campo.

Jaílson fez uma grande partida, digna da academia de goleiros do Palmeiras; fez grandes defesas, em um jogo que poderia ter sido muito mais fácil.

O Cuca novamente começou a partida com o Leandro Pereira de titular, porém aos 30 minutos de jogo ele saiu de campo contundido, dando lugar ao Barrios.

O pênalti perdido pelo Jean poderia ter feito falta, mas felizmente não fez! A arbitragem deixou de marcar outros dois penais claros para o verdão.

Barrios abriu o marcador demonstrando toda a sua competência como centro avante e no começo do segundo tempo iniciou a jogada que originou o segundo gol, porém se contundiu e deixou o campo sob olhares suspeitos da torcida.

Allione entrou em campo, mas diferentemente da partida com a Chape, foi muito mal; parecia estar fora de sintonia e o mesmo aconteceu com o Rafael Marques.

Cleiton Xavier e Dudu jogaram muito bem, ouso dizer que o Cleiton fez uma das melhores partidas desde que voltou ao Palmeiras.

Aos 29 do segundo tempo, Thiago Martins fez um gol contra, o que deu gás para o Vitória, mas a partir daí o Jaílson que havia feito boas defesas durante a partida, assegurou o resultado, com muita vibração e pelo menos uma defesa espetacular.

Fim de jogo, Jaílson saiu ovacionado e emocionou a todos Palestrinos com uma emoção que poderia ser demonstrada apenas por um Palestrino.

Desejo muita sorte para o nosso arqueiro e espero que o Vagner tenha uma nova oportunidade em outro momento, pois agora é a hora do Jaílson!

Quero pensar que tanto o Cuca quanto alguns jogadores acordaram de uma soneca e agora é a hora de irmos para cima, ganhar o campeonato.

Um grande abraço!

Vitão
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
 
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!

 

 
 
 
 
ENQUETE
 
Untitled Document
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!