Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 22/08/2016 - 20:55h.
Análise do Vitão: Jesus é o caminho

Saudações Palestrinas!

Uma legítima segunda-feira brava, o gosto de derrota é tão grande que não consigo pensar em pontos positivos depois do jogo de ontem.

Talvez este seja o maior desafio do torcedor, conter a euforia quando fazemos boas partidas e controlar o pessimismo quando tropeçamos de forma ridícula.

Ao que me parece o time entrou em campo um pouco disperso, não senti durante o jogo aquela garra característica de times que buscam o título.

É inadmissível perdermos cinco pontos para um time fraco como o da Ponte Preta, por mais que tivemos um árbitro malandro que controla o jogo através de cartões e de conversas ao pé do ouvido.

No entanto foram os erros individuais que nos custaram dois preciosos pontos, no primeiro gol o Vitor Hugo falhou absurdamente e no segundo gol todo o sistema defensivo falhou, culminando com a falha do Jaílson.

Rafael Marques fez uma boa partida finalmente atuando como centro avante, aliás, gostando ou não, na minha visão esta deve ser a posição dele.

Durante o primeiro tempo apesar da preguiça do time, controlamos a partida de forma eficaz; o gol de Rafael Marques oriundo de uma ótima jogada pela nossa ponta direita nos colocou em vantagem no placar.

A torcida na arquibancada parecia morna, diferente do que estamos acostumados, aliás, outro ponto negativo foi a nossa torcida que em pleno domingo à tarde, não lotou as dependências do Allianz Parque. Foram pouco mais de 29 mil pessoas, um público abaixo da expectativa para o líder do campeonato.

No segundo tempo depois de uma jogada onde o Tchê Tchê perdeu um gol feito, mesmo com o bandeira dando um impedimento absurdo na jogada, o time além de morno, ficou perdido em campo e depois de uma falha grotesca do Vitor Hugo, sofremos o gol de empate.

Desorganizadamente o time foi para cima e conseguiu virar o placar com um gol de cabeça do Thiago Martins, mas logo em seguida, depois de um cochilo geral do sistema defensivo, tomamos o empate.

É injusto criticar o Jaílson pelo gol tomado, afinal de contas nos últimos dois jogos ele fez defesas importantes, porém, ele falhou no gol.

Não tivemos força para fazer outro gol e infelizmente o time saiu de campo amargando um legítimo empate com sabor de derrota.

Gabriel Jesus assistiu ao jogo nas tribunas ao lado do Fernando Prass e do Barrios, aliás, o garoto campeão olímpico é uma boa motivação para a próxima partida.

Não acho realmente que ela seja um craque formado, mas para o atual momento do futebol Brasileiro, ele faz muita diferença e não seria exagero dizer que neste momento Jesus é o caminho.

Tenho certeza de que ele será caçado em campo impiedosamente, mas a marcação dura no garoto abrirá espaço para nossos outros atacantes, espero inclusive que o Roger Guedes encontre o seu bom futebol.

Esta semana começa nossa batalha na Copa do Brasil, pela qual eu tenho muito respeito, porém, sou muito sincero em dizer que este ano não servirá como consolo ou subterfúgio ao campeonato Brasileiro.

Temos que disputa-la de forma que não atrapalhe em nosso objetivo principal este ano, que é o título do Campeonato Brasileiro, o qual não conquistamos à 22 anos.

Um grande abraço!

Vitão
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
 
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!

 

 
 
 
 
ENQUETE
 
Untitled Document
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!