Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 28/11/2016 - 23:23h.
Análise do Vitão: Campeões

Saudações, Eneacampeões!

Este é o ato final, a catarse que representa o nosso renascimento! Depois de muitos anos sendo maltratados e humilhados por diretorias criminosas, omissas e egocêntricas, podemos dizer que o gigante está de pé, firme e forte, como nunca antes esteve!

Vários são os personagens, mas nenhum deles merece tanto o nosso agradecimento quanto o presidente Paulo Nobre.

Ele aprendeu muito com os erros de sua primeira gestão e reconheceu humildemente que não é possível fazer tudo sozinho. Colocou-se na posição de presidente e apenas delegou, permitindo que pessoas mais capacitadas fizessem o excelente trabalho que resultou neste tão desejado Título Brasileiro.

Contra tudo e contra todos exorcizamos todos os fantasmas possíveis, derrubamos um a um, com muita raça e vontade.

Ontem eu estava no Allianz, da mesma forma que estive na Copa do Brasil 2015. Não foi uma partida de futebol, foi uma celebração! No rosto de cada Palmeirense estava nítida a certeza da vitória. Não existe lugar melhor! Todos em sintonia: crianças, adultos, homens, mulheres, idosos, deficientes, etc., todos com apenas um pensamento! A energia que emanava de cada um contagiava os demais, criando uma atmosfera de emoção, comoção e êxtase.

Deu orgulho ver este time em campo. Cada um desses jogadores escreveu o seu nome na gloriosa história do maior campeão do Brasil!

Sempre nos lembramos com muito carinho e saudade do time campeão brasileiro de 1994, Zinho, Rivaldo, Evair, Edmundo, Cléber, etc. Daqui a alguns anos, o time de 2017 será lembrado da mesma forma.

Jaílson protagonizou um dos momentos mais emocionantes do nosso nono título nacional. Ao sair de campo para dar lugar ao Fernando Prass foi merecidamente ovacionado pela torcida, da mesma forma que o maior ídolo recente do Palmeiras foi muito celebrado.

Jaílson, Fernando Prass, Dudu, Moisés, Tchê Tchê, Jean, Vitor Hugo, Mina, Gabriel Jesus, Roger Guedes, Tiago Santos, Gabriel, Alecsandro, Fabiano, Cleiton Xavier, Zé Roberto!!! Nosso vovô protagonizou um dos lances mais espetaculares do campeonato ao “defender” uma bola incrível no jogo contra o Cruzeiro. Jamais esqueceremos!

Foram várias vitórias espetaculares como os jogos contra o Corinthians, o Atlético Paranaense na Arena da Baixada, o Grêmio no Pacaembu, o Fluminense no DF, etc.

Apesar da perseguição da imprensa, e do medo dos fantasmas recentes, sabíamos que esse título seria nosso por direito! Hoje a imprensa está sendo obrigada a engolir todo o fel que expeliu durante o campeonato inteiro.

Malditos! Não conseguiram impedir nosso renascimento! Agora terão que se render ao gigante, ao campeão do século!

Agradeço ao Cuca por ter sido “um cabeça dura”, por provar que estávamos errados quando ele estava certo, na maioria das vezes.

Considero o Dudu e o Moisés como os principais jogadores do Palmeiras, porém, o nome do campeonato,em minha opinião, é o Jailson. Quando o Fernando Prass se contundiu, muitos davam como certo que estávamos abandonando a briga pelo campeonato, mas ele agarrou a oportunidade de sua vida e demonstrou ser abençoado por “São Marcos”.

O Palmeiras é isso: heróis improváveis que transformam a lealdade em padrão como foi o time deste campeonato, um time de homens que honraram o Palmeiras nos proporcionando um título inesquecível que será lembrado por toda nossa história!

Um grande abraço!

Vitão
 
CONFIRA TAMBÉM NO PTD
-
- Página do Brasileirão
- Página da Libertadores
- Página da Copa do Brasil
- Números do Verdão na temporada
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
 
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!

 

 
 
 
 
ENQUETE
 
Untitled Document
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!