Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 06/03/2017 - 22:06h.
Análise do Vitão: Agora a coisa vai ficar séria

Saudações Palestrinas!

Pouco mais de um mês depois da estreia no campeonato paulista vamos estrear em nossa principal competição do ano, a nossa obsessão!

Particularmente duvido que exista um torcedor totalmente confiante no time neste momento, infelizmente teremos que conviver com a desconfiança no Eduardo Baptista, que se tornou escravo de suas convicções.

Não é hora de invenções, ficou provado que o time joga melhor no esquema em que fomos campeões Brasileiros; as variações podem ser utilizadas conforme a necessidade de uma partida, mas temos que ter um esquema padrão!

Na Libertadores a coisa é diferente, não é hora de inventar! É hora de jogar com a alma e o coração e mais do que nunca, temos que jogar para vencer! Agora a coisa vai ficar séria!

Jogamos uma boa partida contra o fraco Red Bull, um time organizado, porém carente de valores individuais, apesar do gramado ruim e encharcado o time conseguiu fazer um ótimo primeiro tempo.

William, cada vez mais me convence que está jogando em posição errada, gostaria muito de vê-lo na posição do Keno jogando ao lado do Borja.

O time todo foi bem mas, Egídio ainda erra muitos passes bobos e o Jean ainda está bem abaixo do que jogou o ano passado, mas de modo geral fizemos um bom primeiro tempo e o gol logo no início da partida ajudou o time a jogar mais solto.

Com o Zé no meio fazendo a função do Tchê Tchê, tivemos uma equipe muito parecida com o time campeão brasileiro, porém, no segundo tempo o Eduardo voltou a testar o seu esquema 4-1-4-1 e o time caiu de rendimento.

Michel Bastos entrou bem, mas não o vejo como uma opção para jogar aberto pela direita, é um desperdício. Ele acabou embolando com o Jean e com o Roger Guedes, o certo seria ele jogar pela esquerda revezando com o Zé Roberto.

Roger Guedes entrou muito bem no jogo, parece que parou de fazer “bico” e resolveu jogar bola!

Agora o destaque da partida vai para o Borja, esse realmente entende de bola. Nas duas partidas em que entrou em campo, atuou por um pouco mais de sessenta minutos, ficou com a bola em seus pés por trinta e sete segundos, finalizou 3 vezes e fez dois gols!

O gol que o Borja fez demonstrou toda a qualidade do camisa 12, um cara frio na hora de finalizar e que soube novamente ganhar do zagueiro adversário em um jogo de corpo.

Agora é hora de mudar a chave, já temos alguns erros em 2017 que podem ser utilizados como exemplo para não errarmos na Argentina.

A dureza do prélio não tarda! Avanti Verdão, a torcida quer gritar é campeão!!!

Um grande abraço!

Vitão
 
CONFIRA TAMBÉM NO PTD
-
- Página do Brasileirão
- Página da Libertadores
- Página da Copa do Brasil
- Números do Verdão na temporada
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
 
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!

 

 
 
 
 
ENQUETE
 
Untitled Document
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!