Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 17/04/2017 - 18:35h.
Análise do Vitão: Qual é o seu lado?

Saudações Palestrinas!

Já esbocei o início deste texto umas cem vezes, não gostaria de cometer um provável e injusto vilipêndio.

O Palmeiras nos acostumou mal, tudo bem que na derrota para o Água Santa no ano passado foi um tanto quanto indigesta, porém, o momento era outro.

Hoje voltamos a ser o PALMEIRAS, time a ser batido, uma das dez maiores equipes do mundo sem sombra de dúvidas; por mais que muitos Palmeirenses duvidem disso no dia de hoje.

A derrota dói, mas o que machuca na verdade é o fato de não termos esboçado qualquer reação no jogo de ontem, merecíamos perder e até mesmo por um resultado pior! Fomos irreconhecíveis!

Na quarta-feira cometemos erros, mas o time jogou de forma diferente, buscou o gol o tempo todo, a vontade era evidente a cada dividida de bola, ontem até o Felipe Mello não parecia ser ele mesmo.

Um jogo para ser lembrado! Sim, deve ser lembrado para não repetirmos essa atuação patética e desastrosa nunca mais! Ganhamos um verdadeiro chocolate em pleno domingo de páscoa, por mais cruel que pareça ser este trocadilho.

Acredito que podemos nos classificar sim, acredito na força do time e principalmente na força da nossa torcida, porém, teremos que jogar o que ainda não jogamos durante este ano.

Foi um escárnio, entramos em ritmo de pelada de final de ano na empresa enquanto a Ponte Preta entrou para uma final de Copa do Mundo, não quero ser “profeta do acontecido”, porém a escalação totalmente equivocada de alguns jogadores piorou o nosso poder de reação.

Temos um grande elenco por qual motivo? Depois de um jogo totalmente desgastante contra o Peñarol, alguns jogadores como por exemplo: Edu Dracena, Zé Roberto, Guerra e Borja poderiam ter começado a partida no banco de reservas, são os titulares? Sim! Mas temos um elenco numeroso e qualificado para substituir os jogadores desgastados à altura!

Hoje escutei de um amigo Palestrino que foi bom perdermos para a Ponte para que possamos focar na Libertadores, está errado! Perder esse Paulista além de ser péssimo para a moral do time, na minha visão é o fim da trajetória do Eduardo Baptista no Palmeiras.

Nada e nem ninguém merece destaque positivo ontem, posso até estar sendo injusto, mas não vi ninguém tentar algo diferente, quanto menos o Eduardo Baptista que ainda parecia estar treinando a Ponte Preta.

Hoje acordei com uma música do Resist do Rush na cabeça: Você pode lutar sem nunca vencer, mas nunca vai ganhar sem uma luta, oportuna para o dia de hoje e que de alguma forma sirva de inspiração para o Palmeiras.

Ao Eduardo deixo uma pergunta: Nesta decisão, por qual lado você quer ser lembrado? O caminho mais fácil é ser conservador, o que provavelmente te tornará herói em Campinas.

Um grande abraço!

Vitão
 
CONFIRA TAMBÉM NO PTD:
-
- Página do Brasileirão
- Números do Verdão na temporada
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
 
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!

 

 
 
 
ENQUETE
 
Untitled Document
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!