Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 15/05/2017 - 18:24h.
Análise do Vitão: A volta dos que não foram

Saudações Palestrinas!

A alegria voltou ao Allianz Parque! Em um domingo especial de dia das Mães, o nosso Verdão estreou no campeonato Brasileiro para defender o título de campeão.

A sensação de ver o Cuca no banco de reservas causava um misto de sentimentos: Alegria, alívio, esperança, etc... Na verdade, ele nunca saiu do Palmeiras!

A atmosfera era totalmente favorável; antes mesmo da partida sabíamos que a goleada viria sem esforço: dito e feito!

O time começou totalmente diferente, pressionando a saída de bola, tanto que logo aos cinco minutos Dudu sofreu o Pênalti convertido pelo Jean.

Depois dos dez minutos o time começou a sofrer com a marcação pelas duas laterais, em especial pela direita. Cuca consertou sem ter que fazer uma alteração, colocou o Tchê Tchê na lateral e deslocou Jean para o meio campo.

Impressionante como Tchê Tchê e Dudu mudaram da água para o vinho (sem trocadilhos com a calça da sorte), pareciam outros jogadores! Meus amigos, está bem claro o quanto um técnico pode mudar um time.

O gol do Guerra trouxe a tranquilidade necessária para o time fazer um segundo tempo impecável.

Borja, logo no início fez o gol, aliás, um gol muito importante para devolver a confiança para o nosso centro avante; para completar a festa, o endiabrado Dudu sofreu outro pênalti que foi convertido pelo Colombiano.

Infelizmente precisamos de um lateral esquerdo, reconheço toda a importância do Zé Roberto ao nosso elenco, porém, ele não tem condições de ser o titular, principalmente pela recomposição defensiva.

Um técnico experiente faz toda a diferença, mas o Cuca faz muito mais, ele é a cara do Verdão: um Palmeirense no comando do time! A decisão de traze-lo foi perfeita, não perdemos o timing e felizmente o melhor para nós foi feito.

Parabenizo a atitude da diretoria em homenagear os seguranças que fizeram um trabalho sensacional na partida contra o Peñarol, eles evitaram o pior e são verdadeiros heróis.

Agora, a punição aplicada pela Conmebol ao Felipe Melo e uma possível punição ao time que beira ao sadismo cínico (que pode ser inclusive uma partida sem torcida) é totalmente criminosa e demonstra que a Conmebol é tão nojenta quanto a CBF.

Espero que nossa diretoria tome as devidas providencias depois de anunciada a decisão final do circo armado por essa Confederação que parece mais um cartel.

Ambiente restabelecido, ânimo retomado, estamos de volta ao jogo, para desespero geral da imprensa esportiva, o Verdão está mais imponente do que nunca! Tremei!!!

Um grande abraço!

Vitão
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!