Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 25/05/2017 - 20:28h.
Análise do Vitão: Viva o Cucabol!

Saudações Palestrinas!

“Toda mudança gera conflitos e todos os conflitos geram apreensão”, essa frase resumiu os últimos dias do Palmeiras.

São apenas vinte dias do novo trabalho do Cuca e muitas coisas ainda precisam ser acertadas dentro e fora de campo.

Nos bastidores todas as informações internas acabam de uma forma ou de outra vazando sem filtro algum, enquanto o Paulo Nobre estava lá, nada vazava! Tudo era gerido da forma mais profissional possível. Um líder deve ser autocrático em alguns momentos, para demonstrar que existe ordem na casa; coisa que o Maurício Galiotte não faz.

A maior dificuldade que o Palmeiras está encontrando dentro de campo é ajustar o sistema de marcação; com o Eduardo Batipsta o time marcava por zona e com o Cuca a marcação é individual.

Não vejo o time sem preparo físico, mas sim com uma dificuldade na recomposição defensiva, os jogadores estão distantes uns dos outros.

Por diversas vezes o Palmeiras deu muito espaço para o Tucumán, tanto que eles finalizaram quinze vezes contra o nosso gol.

Felizmente, temos certeza de que o Cuca vai aparar as arestas o quanto antes e a pausa que teremos na libertadores será muito benéfica.

Demorou pouco mais de quinze minutos para vermos a diferença entre um técnico teórico para um técnico que ensina na prática: A jogada ensaiada que resultou no gol do Mina, foi simplesmente sensacional! Exatamente igual ao gol feito contra o Coritiba no segundo turno do Brasileiro 2016. Sim, esta foi a nossa primeira jogada ensaiada no ano, viva o Cuca, viva o Cucabol!!!

Perdemos muitas chances, houve uma displicência muito grande do Roger Guedes em alguns lances, é muito bom jogador, porém, tem que entender que no Palmeiras ele nunca será a estrela do time.

Borja está visivelmente ansioso em campo, não se adaptou ainda; precisa de uma sequência boa de jogos marcando alguns gols para ganhar confiança, e principalmente precisa se adaptar ao esquema do Cuca: onde ele precisa voltar para marcar. Vale muito a pena todos terem paciência com ele, tem muito potencial.

O time ainda sofre com alguns apagões durante a partida, foi exatamente o que aconteceu no início do segundo tempo: o verdão parou em campo e viu o time Argentino crescer no jogo e chegar ao empate após jogada pela direita e falha do Fernando Prass.

O lado esquerdo de nossa defesa com Edu Dracena e Zé Roberto, infelizmente é muito lento, a maioria dos lances de perigo do adversário saíram por este lado, nos jogos fora de casa, provavelmente não poderemos contar com os dois ao mesmo tempo em campo.

O Cuca não perdeu tempo e colocou o Fabiano no lugar do Roger Guedes e o Wiliam no lugar do Borja, Jean foi deslocado para o meio e com isso o time passou a jogar no esquema 4-4-2 melhorando um pouco a marcação no meio campo.

Aliás, sabemos muito bem que o Cuca não tem medo de alterar a equipe, ele é experiente e está demonstrando que em pouco tempo já está retomando o controle do grupo.

William é um jogador fundamental para qualquer elenco, tem muita estrela, é humilde e realmente é muito bom jogador: fez o segundo gol com muita calma e categoria.

Thiago Santos, Mina e Guerra fizeram uma partida impecável, o Venezuelano por vezes lembra o Valdivia em campo, tem muito domínio de bola e uma visão privilegiada.

O Thiago Santos é aquele jogador de confiança, não vai tão bem ao ataque, mas defensivamente é um monstro.

Mina é simplesmente um dos melhores zagueiros do mundo, na minha visão é o melhor jogador do nosso elenco, um zagueiro decisivo tanto na defesa quanto no ataque.

Michel Bastos entrou no lugar do Guerra que cansou, aliás, eu não vejo o Michel Bastos fora do time titular, excelente jogador e tem demonstrado bastante paciência aceitando a reserva sem reclamar.

Para fechar com chave de ouro, o Zé Roberto fez um golaço, demonstrando toda a sua categoria. Garantimos o primeiro Lugar no grupo e também uma das melhores campanhas do campeonato, vamos forte para o mata-mata, com a certeza de que temos uma arma muito forte: Nosso estádio, onde não perdemos há 10 meses.

Sábado vamos enfrentar o São Paulo no Morumbi, precisamos vencer! Não apenas por conta de um indigesto tabu, mas principalmente por termos feito uma partida desastrosa diante do time da Chapecoense.

Um grande abraço!

Vitão
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!