Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 27/06/2017 - 10:15h.
Análise do Vitão: Aprendendo com nossos erros

Saudações Palestrinas!

Por mais dolorosas que sejam algumas derrotas, a lição que tiramos de cada uma delas é fundamental para que possamos aprender com nossos erros.

Após duas vitórias importantes no campeonato Brasileiro fomos para um jogo duro, contra um dos adversários que mais complicaram nossa vida nos últimos anos.

Tenho certeza de que o Cuca assistiu várias vezes a partida na qual perdemos por 3x0 no campeonato paulista e ciente da nossa limitação nas laterais do campo, escalou o time com um esquema de três zagueiros, da mesma forma que já havíamos jogado na Vila Belmiro contra o Santos.

Fizemos uma boa partida; mesmo sem vários titulares a equipe jogou de forma coletiva e demonstrou uma defesa cada vez mais consistente.

Luan e Juninho são ótimos jogadores e não é cedo para fazer tal afirmação, enquanto que o Luan tem uma ótima saída de bola e visão de jogo, o Juninho tem uma ótima recuperação e ainda pode atuar na lateral esquerda: posição mais carente do nosso elenco.

Ofensivamente ainda deixa a desejar, porém, acredito que ele possa evoluir treinando principalmente cruzamentos.

O primeiro tempo começou morno, mas a primeira chance de gol veio de uma excelente assistência do Guerra que deixou o Roger Guedes na cara do gol, mas ele acabou chutando para fora.

O grande nome do primeiro tempo e consequentemente da partida foi o Guerra; além da assistência, ele fez dois belos gols! O primeiro abrindo o placar depois de assistência do Tchê Tchê e o segundo recolocando o Palmeiras na frente depois de uma linda troca de passes no ataque.

O Venezuelano é o maestro da equipe e junto ao Mina vem sendo o grande destaque do time, tem uma visão de jogo impressionante que lembra muito o Valdívia em seus bons tempos.

Gabriel Furtado, menino da base, estreou muito bem! Estava visivelmente nervoso, porém participou da jogada do segundo gol e fez bons desarmes durante a partida. Saiu no intervalo pois sentiu cãibras e também por estar pendurado com o terceiro cartão amarelo.

O gol que sofremos foi uma das poucas desatenções da nossa defesa, Mayke não deu o bote e deixou o jogador da Ponte chutar sem dificuldades.

No segundo tempo o Palmeiras adiantou a marcação e não criou tantas oportunidades de gol, mas demonstrou um futebol consistente, muito parecido com o time do segundo turno do campeonato brasileiro do ano passado: objetivo e “cascudo”.

A Ponte teve duas chances para empatar a partida, mas na primeira perdeu um gol feito e na segunda o Fernando Prass fez uma boa defesa.

William e Eric pouco fizeram ofensivamente, mas ajudaram bastante defensivamente; é importante a confiança que o Cuca deu para o Eric, não podemos esquecer que foi feito um investimento pesado no jogador.

Dudu e Borja entraram no final do jogo, mas não tiveram tempo de fazer muita coisa, o Borja estava na jogada que ocasionou a expulsão do zagueiro Rodrigo.

Tchê Tchê ainda foi expulso no final da partida, depois de tomar dois tapas no rosto do Renato Cajá na frente do árbitro, que nada fez, mas na sequência revidou e aí sim o juiz expulsou os dois.

Final de jogo! Mais três pontos garantidos e com isso subimos na tabela de classificação; logo estaremos brigando pela primeira posição.

Pelo menos mais um reforço deve chegar e o nome deve ser o Diego Souza; particularmente tenho minhas restrições para com o atleta, porém, caso a contratação se concretize, será um excelente negócio para o Palmeiras; é um jogador que chama a responsabilidade, tem características parecidas com o Moisés, é versátil (pode jogar de “falso 9”) e também é bom no jogo aéreo.

Cuca é um técnico identificado com o time, atual campeão brasileiro e que impõe respeito; ninguém no atual elenco tem força para bater de frente com ele, desta forma, o controle do time está em suas mãos e por isso não me preocupo com qualquer problema dentro do elenco.

Gostei da volta do A. Valentim, o Palmeiras 2017 é cada vez mais a cara do Palmeiras 2016 e fica cada vez mais evidente que o Cuca é o único nome que temos para o Palmeiras atual, ele é a cara do Palmeiras e o Palmeiras é a sua cara.

Um grande abraço!

Vitão
 
CONFIRA TAMBÉM NO PTD:
-
- Página do Brasileirão
- Números do Verdão na temporada
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
 
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!

 

 
 
 
ENQUETE
 
Untitled Document
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!