Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 24/05/2019 - 00:36h.
Goulart diz que proposta salarial foi irrecusável e revela o desejo de um dia voltar ao Verdão
Meia-atacante justifica retorno ao Guangzhou Evergrande, e agradece chance de ter atuado pelo time do coração: "Está guardado na memória".

No aeroporto internacional de São Paulo, de onde iniciaria uma longa viagem rumo à China, o meia-atacante Ricardo Goulart concedeu entrevista à ESPN Brasil para falar da sua saída repentina do Palmeiras, definida na quinta-feira.

O jogador afirmou que inicialmente não pensava em romper o contrato com o Verdão, mas que depois não teve como dizer não ao Guangzhou Evergrande.

"Rolou o interesse, a gente conversou bastante com a diretoria, com o meu empresário e com o Guangzhou. Entramos num acordo bom para todas as partes. Queria permanecer mais um ano no Brasil para marcar meu nome no futebol brasileiro, mas as coisas tomaram um rumo diferente" iniciou o meia-atacante.

O agora ex-dono da camisa número 11 alviverde admitiu que a proposta salarial feita pelo time chinês, atrelada a uma renovação contratual de 5 anos, foi determinante para a tomada de decisão: "Queria fazer mais pelo Palmeiras, que me abriu as portas. Sou muito grato ao Alexandre (Mattos), à torcida, ao presidente, todo mundo. Infelizmente aconteceu a lesão. E voltando na questão salarial, é irrecusável".

Na sequência Goulart falou da sua relação com o Palmeiras, reafirmando seu lado torcedor e revelando o desejo de um dia voltar a vestir verde: "Sempre sonhei jogar no Palmeiras, sentir aquela atmosfera, sou Palmeirense, tive o prazer, consegui dar algumas alegrias, isso foi muito bacana, está guardado na memória de cada um. Espero um dia voltar. E se Deus quiser sem lesão".

Por fim, o meia-atacante negou que a nova lesão de joelho vai comprometer o restante da carreira, e que isso de certa forma esteja relacionado à sua saída: "Muitas pessoas que estão de fora falaram algumas coisas negativas. Conversei com o doutor para explicar o caso. Estou apto a jogar, é só uma questão de tempo. Tenho minha consciência limpa. Todos sabem a vontade que tive de dar a volta por cima. Vou me cuidar e espero que vocês acompanhem essa volta".

Em 5 meses de Palmeiras Ricardo Goulart, de 27 anos, disputou apenas 12 jogos, mas teve bons números: 4 gols e 3 assistências. O último jogo dele foi em 28/04, contra o Fortaleza,  quando sentiu novamente o joelho.
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!