Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 24/03/2010 - 21:39h.
Nem do Rio Branco eles ganham...

Mesmo não dependendo mais de suas próprias forças para garantir vaga na semifinal do Paulistão, o Palmeiras foi a campo com o chamado time titular e começou o jogo em cima do Rio Branco.

Aos 3 minutos Ewerthon finalizou de dentro da área para fácil defesa de Cristiano. Aos 8 Cleiton Xavier cobrou escanteio e Diego Souza cabeceou na trave. O gol parecia questão de tempo, mas quem quase marcou foi o Rio Branco; aos 14 Romarinho driblou Danilo e mesmo sozinho na cara de Marcos conseguiu chutar para fora.

Quando o Rio Branco começava a gostar da partida, o Verdão abriu o placar. Aos 17 minutos Cleiton Xavier fez linda jogada e tocou para Diego Souza finalizar com categoria: 1 a 0. O gol deveria deixar o time de Antônio Carlos mais calmo, mas outra vez um adversário da zona de rebaixamento resolveu complicar a vida do Palmeiras.

Em 11 minutos os mandantes viraram o placar; aos 22 Alex Terra recebeu cruzamento da direita e só teve o trabalho de empurrar para fundo das redes: 1 a 1. Aos 22 Romarinho recebeu passe livre, entrou na área e fuzilou, sem chances de defesa para Marcos: 2 a 1. O Palmeiras demorou a assimilar o golpe e mesmo jogando mal foi em busca da reação.

Aos 33 minutos Ewerton tabelou com Robert e surgiu livre na cara do goleiro: 2 a 2. Logo na sequência Cleiton Xavier chutou rasteiro e viu a bola sair à direita, perto da trave. Aos 43 Eduardo fez boa jogada e arriscou uma bomba de fora da área; a bola explodiu na trave. Esse foi o último lance da movimentada etapa inicial em Araraquara.

No segundo tempo, com Lincoln no lugar de Eduardo, o Palmeiras voltou mais ofensivo. Mesmo desorganizado, o time de Zago criou algumas oportunidades.

Aos 5 minutos Cleiton Xavier chutou e a bola saiu por pouco. Aos 6 Cleiton chutou, o goleiro deu rebote, Robert tentou marcar mas foi bloqueado por um zagueiro. Aos 11 Diego Souza cobrou falta e Cristiano espalmou.

O Rio Branco só foi chegar ao ataque aos 15 num chute do Jobinho que saiu à direita de Marcos. Essa foi a primeira e última investida da equipe mandante em toda etapa final. Pouco depois o técnico deles sacou um atacante e colocou mais um zagueiro (o quarto).

Jogando contra um time sem pretensões ofensivas, o Palmeiras passou a ter dificuldades para criar jogadas de perigo. Lincoln entrou mal, Diego sumiu e Cleiton Xavier errava dois a cada três passes que tentava dar. Para piorar a situação Lenny, que entrou no lugar de Ewerthon (lesionado) sofreu uma torção no joelho e teve de deixar a partida; como já havia feito três mudanças, o Palmeiras jogou os últimos 15 minutos com um jogador a menos.

No apagar das luzes, Pierre, o melhor Palmeirense em campo, arriscou uma bomba de fora da área, mas Cristiano fez linda defesa. E foi só. Com o empate o ex-Verdão vai a 23 pontos, cai uma posição e está eliminado do Paulistão. Resta agora a Copa do Brasil.

Sábado (27/03), às 16h, o Palmeiras recebe o Mirassol no Palestra Itália. Diego Souza, suspenso, será o desfalque. Ewerthon e Lenny, lesionados, também não devem jogar.


Eduardo Luiz
eduardoluiz@palmeirastododia.com

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!