Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 18/07/2010 - 17:57h.
Palmeiras vacila e deixa 3 pontos na Ressacada

Por Eduardo Luiz  eduardoluiz@palmeirastododia.com

O jogo começou pegado no estádio da Ressacada; com cinco minutos de bola rolando o árbitro já havia dado um cartão amarelo para cada lado (Pará e Pierre). Aos 11 minutos Marcos Assunção cobrou falta de longe; Renan espalmou e Gabriel Silva fuzilou: 1 a 0, para alegria de Felipão, que voltava a comandar o Verdão após 10 anos.

O gol abalou momentaneamente o Avaí. Aos 15 minutos Lincoln só não ampliou porque Gabriel desviou chute que entraria no canto esquerdo do goleiro. A jogada reanimou os donos da casa. Aos 26 o sistema defensivo Palmeirense apenas observou Caio fazer bela jogada individual e chutar; Deola ainda tocou na bola, mas não o suficiente para evitar o emapte: 1 a 1.

Dez minutos após fazer o gol, o Avaí desperdiçou boa oportunidade com Caio; mesmo dentro da área, o camisa 7 rival chutou por cima do travessão de Deola. A resposta do Palmeiras foi quase imediata. Aos 38, já com Renan batido, Lincoln deixou Kleber na cara do gol, mas o Gladiador chutou no único lugar que Patrick conseguirial salvar, e foi o que aconteceu.

Quando a partida caminhava para um empate justo, novamente a marcação do Verdão vacilou; Caio enfiou para Roberto (em posição legal) rolar para Robinho: 2 a 1. Aos 43 Pará cometeu falta dura em Márcio Araújo e foi expulso, mas já era tarde para o Palmeiras reagir.

No segundo tempo, com um jogador a mais, Felipão optou por sacar Márcio Araújo e mandou a campo o atacante Tadeu. O jogo virou ataque contra defesa. Aos 8 minutos Kleber sofreu pênalti que ele mesmo cobrou e convertou: 2 a 2.

A virada Palmeirense parecia questão de tempo, mas apesar te ter ampla posse de bola, o Palmeiras encontrava dificuldades para furar a retranca do Avaí. Aos 26 minutos Marcos Assunção cobrou falta e Renan fez milagre. Na cobrança de escanteio Tadeu desviou por cima.

Com o passar do tempo a pressão do Verdão foi diminuindo e os donos da casa aproveitaram. Aos 44 Roberto invadiu a área e caiu; Gaciba assinalou pênalti duvidoso de Léo e ainda expulsou o defensor Palmeirense; Caio cobrou, Deola espalmou mas a bola voltou para o próprio Caio: 3 a 2.

Nos acréscimos Deola ainda saiu desastrosamente do gol e proporcionou ao Avaí transformar a vitória numa goleada; Roberto aproveitou mais um vacilo individual e deu números finais à partida: 4 a 2. Com a derrota (a primeira do Verdão na história para o Avaí) o time de Felipão permanece com 12 pontos e vê a liderança um pouco mais distante.

O Palmeiras volta a campo às 21h de quinta-feira (22/07) para enfrentar o Botafogo no Pacaembu.

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!