Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 07/10/2010 - 23:02h.
Verdão goleia com show de Valdivia
Por Eduardo Luiz  eduardoluiz@palmeirastododia.com

O jogo começu com o Avaí dando um susto no Verdão. Logo aos 2 minutos Davi surgiu livre na cara de Deola e chutou na trave; no rebote Caio cabeceou por cima. A resposta Palmeirense aconteceu aos 4 com Kleber, também em uma cabeçada que saiu alta.

A partida era equilibrada até que aos 11 minutos Marcos Assunção cobrou falta, Valdivia desviou e colocou o Palmeiras a frente no placar: 1 a 0. Foi o primeiro gol do Mago desde o retorno ao clube. No lance seguinte Marcos Assunção quase ampliou: o volante soltou uma bomba da entrada da área e Zé Carlos desviou com a ponta dos dedos.

Passado os 15 minutos iniciais, tanto Palmeiras quanto Avaí diminuiram de ritmo, tornando a partida morna. A situação só foi mudar depois dos 30, quando Kleber ganhou a disputa de bola com o zagueiro Gabriel e bateu por cima. Aos 34 o time de Felipão voltou a perder grande chance, desta vez com Rivaldo; o camissa 11 girou na área e chutou para boa defesa do goleiro.

Nos minutos finais o Avaí voltou a marcar presença no ataque e acabou conseguindo o empate. Aos 36 Caio cobrou escanteio, Edinho não conseguiu afastar e Roberto, impedido, decretou a igualdade: 1 a 0. Assim foi o movimentado primeiro tempo no Pacaembu.

Na etapa final o Palmeiras voltou disposto a pressionar o Avaí e a tatica deu certo. Aos 4 minutos Márcio Araújo avançou e tocou para Valdivia; da intermediária, o Mago dominou, ajeitou e chutou no ângulo esquerdo de Zé Carlos. Golaço: 2 a 1. O Avaí tentou mostrar que estava vivo aos 6 numa cabeçada de Gabriel que saiu à direita de Deola. A partir de então só deu Verdão.

Aos 7 minutos Rivaldo disputou a bola dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Após muita confusão, Kleber cobrou e o goleiro defendeu. Para comemorar a defesa, Zé Carlos foi até o camisa 30 Palmeirense e o agrediu com um tapa na cara: como a bola estava em jogo, o juiz corretamente assinalou outra penalidade e expulsou Zé Carlos. Na nova cobrança o Gladiador não desperdiçou: 3 a 1.

Com dois gols de vantagem e um homem a mais e campo, o técnico Luiz Felipe Scolari sacou Rivaldo para a entrada de Lincoln. O Verdão passou a ter mais espaços para atacar e criou algumas oportunidades. Aos 19 minutos Valdivia deixaria Kleber livre para marcar mas o zagueiro Gabriel interceptou na hora certa.  Aos 20 Marcos Assunção arriscou de fora da área por cima.

O Avaí ainda levou perigo em um último lance com Caio, mas Deola estava atento e praticou ótima defesa. Na sequência da jogada, aos 24 minutos, o Palmeiras contra-atacou e definiu a partida com Gabriel Silva. E foi com outro golaço. O lateral recebeu pela esquerda e de pé direito soltou a bomba no ângulo de Renan: 4 a 1.

Com a torcida gritando olé, o Palmeiras apenas administrou a vantagem até o apito final do juiz. A goleada leva o time de Felipão a 42 pontos, ainda na nona posição, mas cada vez mais perto dos líderes (na pontuação).

O Verdão volta a campo no domingo (10/10 às 16h) para enfrentar o Botafogo no Engenhão. Vítor, lesionado, não deve atuar. Danilo estará novamente à disposição de Scolari.

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!