Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 11/11/2010 - 23:48h.
Verdão vence e está na semifial
Por Eduardo Luiz  eduardoluiz@palmeirastododia.com

Completo e debaixo de chuva, o Palmeiras não iniciou o jogo pressionando o Atlético, afinal o 0 a 0 era um resultado que lhe interessava. Já o adversário, repleto de reservas, não deu bola para o Pacaembu lotado e partiu para o ataque.

Aos 3 minutos Fernandinho arriscou de fora da área, à esquerda de Deola. Aos 15, Ricardo Bueno chutou cruzado e o goleiro Palmeirense fez linda defesa. Antes disso, aos 9, no seu primeiro ataque, o Verdão perdeu uma boa chance com Tinga mas também perdeu o meia Valdivia, que voltou a sentir a lesão na coxa esquerda; Lincoln entrou em seu lugar.

A saída do Mago abalou momentaneamente o Verdão e a torcida, mas um novo chute de Tinga, aos 19 minutos, reanimou todo mundo. Aos 22 Kleber voltou a testar o goleiro Renan. Aos 25, após confusão na área, Lincoln soltou a bomba mas foi travado por Alê. Na cobrança de escanteio o gol saiu. Marcos Assunção cobrou, Alê subiu com Luan e fez contra: 1 a 0. O árbitro acabou assinalando gol olímpico de Assunção.

A frente no placar, o Verdão não diminuiu o ritmo. Aos 28 minutos Lincoln voltou a levar perigo num chute que saiu por cima. Aos 33 o camisa 99 recebeu passe na entrada da área, girou e finalizou de canhota; Renan defendeu.

O Atlético-MG só voltou a levar perigo aos 36 minutos com Fabiano; livre de marcação, o meia chutou e viu a bola tirar tinta do travessão de Deola. Esse foi o último grande lance do movimentado primeiro tempo.

Na etapa final o Verdão voltou disposto a segurar a vantagem, deixando parar arriscar alguma coisa só nos contra-ataques. Com mais espaços para trocar passes, o Atlético passou a ter mais posse de bola e criou algumas oportunidades para empatar.

Aos 8 minutos Fernandinho cobrou uma falta por cima. Aos 13, Ricardo Bueno tabelou com Fabiano e chutou com perigo à esquerda de Deola. Aos 27, de novo Ricardo Bueno assustou o goleiro Palmeirense, desta vez através de uma cabeçada.

O time de Felipão só foi mostrar poder de fogo perto dos 30 minutos. Aos 28 Kleber perdeu chance incrível. Aos 33, porém, a torcida Palmeirense que lotou o Pacaembu enfim pôde comemorar e respirar aliviada. Após rápido contra-ataque, Lincoln recebeu de Tinga e deixou Luan em ótima condição para marcar: 2 a 0.

O segundo gol liquidou a partida. Para gastar tempo, Scolari ainda promoveu mais duas mudanças (Lincoln por Dinei e Pierre por Luan) e viu seu time ficar tocando a bola até o apito final do juiz.

O adversário do Palmeiras na semifinal da Sul-Americana sairá do confronto entre Avaí x Goiás, marcado para quinta-feira (na partida de ida ocorreu um empate em 2 a 2). O primeiro jogo será na semana que vem, com mando de campo do oponente.

Domingo (14/11) o Verdão volta a cumprir tabela pelo Brasileirão, desta vez contra o Atlético-GO em Goiânia, às 17h.

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!