Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 14/09/2016 - 23:55h.
Pouco inspirado, Palmeiras sofre para empatar com o Flamengo em 1 a 1
Com um homem a mais por quase 60 minutos, Verdão sai atrás mas busca o empate com gol de Gabriel Jesus. Resultado mantém equipe na liderança isolada.

Com Gabriel Jesus em campo, o Palmeiras iniciou o jogo muito nervoso, proporcionando ao Flamengo criar boas oportunidades logo de cara. Aos 47 segundos Jorge ganhou de Róger Guedes e bateu de rosca, para fora. Aos 3 minutos Moisés cometeu falta praticamente na linha da grande área; Diego cobrou e carimbou a barreira.

Após cinco minutos sem conseguir passar pelo meio-campo, o Verdão enfim chegou próximo à meta de Alex Muralha. Aos 6 minutos Moisés cobrou lateral, Mina resvalou e Pará recuou para o goleiro. Aos 10 Moisés pegou um rebote da defesa e soltou a bomba, sem direção.

Já com a partida equilibrada, o time do técnico Cuca até que conseguia finalizar, mas sempre graças à bola parada. Aos 14 minutos Dudu lançou Jean, que não conseguiu dominar. Aos 18 Jean cobrou falta da entrada da área, a bola desviou e saiu em escanteio, que não resultou em nada. Aos 21 minutos Jesus experimentou de longe, à direita do goleiro.

Sem tanta posse de bola, o Flamengo não deixou de levar perigo graças a rápidos contra-ataques. Aos 27 minutos Leandro Damião trabalhou bem como pivô e serviu Pará, que bateu torto, para fora. Na jogada seguinte Zé Roberto pegou rebote após cobrança de escanteio e bateu por cima. Aos 33 Dudu cruzou para Jesus desviar de cabeça, à esquerda de Muralha.

Aos 35 minutos Márcio Araújo cometeu falta dura em Gabriel Jesus e deveria ter recebido o segundo cartão amarelo, mas o árbitro contemporizou. Quatro minutos mais tarde, no entanto, nem o juiz conseguiu ignorar outra chegada dura do ex-Palmeirense, desta vez em Gabriel, e expulsou o volante adversário.

Nos minutos finais da etapa inicial o Palmeiras fez valer o fato de ter um homem a mais e criou as últimas duas boas oportunidades de gol. Aos 41 Jean cobrou falta, para fora. Aos 42 Réver se atrapalhou ao sair jogando, perdeu a bola para Jesus que preferiu finalizar sem ângulo ao invés de dar o gol de presente para Róger Guedes; Muralha agradeceu e espalmou.

No segundo tempo o Verdão voltou sem Gabriel, que cedeu lugar a Lucas Barrios. Com um atacante a mais, a intenção era sufocar o Flamengo, mas a primeira finalização demorou um pouco para sair. Aos 8 minutos Dudu tocou para Jesus, que bateu colocado, nas mãos do goleiro. Aos 11 uma chance clara: após outro passe de Dudu, Jesus fintou seu marcador e soltou a bomba, por cima.

Aos 12 minutos o técnico Cuca promoveu a segunda alteração: Cleiton Xavier substituiu Róger Guedes. Aos 15 Tchê Tchê arriscou da entrada da área, por cima. O gol, que parecia próximo, enfim saiu aos 16 minutos, mas para o Flamengo. E foi graças a uma desatenção imperdoável do sistema defensivo alviverde; Alan Patrik entrou no jogo na moita, ninguém o marcou, a bola sobrou pra ele, que chutou sem chance de defesa para Jailson: 1 a 0.

Perdendo o jogo com um homem a mais em campo, o Palmeiras sentiu o baque. Aos 18 minutos Tchê Tchê tentou bater de fora da área, mas errou o alvo. Aos 21 o volante vacilou num domínio, perdeu a bola para Heverton que serviu Alan Patrik; o meia acreditou que era Pelé e bateu colocado, por cima. Logo após o susto, Cuca queimou a terceira alteração: Rafael Marques entrou na vaga de Tchê Tchê.

Todo aberto, o Verdão passou a oferecer muitos espaços para o Flamengo contra-atacar. Aos 25 minutos Jorge ganhou de Jean na corrida e cruzou forte demais para Leandro Damião. Aos 30 Cleiton Xavier tentou finalizar de longe mas bateu fraco e torto. Quatro minutos depois Damião arriscou já de dentro da área, mas Jailson estava atento.

Quando nada mais indicava uma reação, aos 36 minutos Moisés cobrou lateral, Mina resvalou de cabeça, a defesa não conseguiu afastar e a bola sobrou para Gabriel Jesus, que fintou Pará e bateu forte, rasteiro, no canto direito de Alex Muralha, que nada pôde fazer: 1 a 1.

O gol recolocou o Palmeiras no jogo. Aos 39 minutos Moisés abriu para Jean, que cruzou rasteiro; a bola cruzou toda área e ninguém de verde chegou para conferir. Aos 41 parecia replay, mas com a jogada iniciada do lado oposto: Cleiton Xavier levantou na área e nenhum Palmeirense se atirou na bola para decretar a virada.

Empurrado pela torcida, o Verdão não desistiu. Aos 42 minutos Dudu tabelou com Moisés e na hora da finalização fechou os olhos e errou por muito; a bola saiu na lateral. Aos 47 Moisés arriscou da entrada da área e só não marcou um golaço graças a uma bela defesa de Muralha. Na cobrança de escanteio executada por Dudu, Mina ganhou da marcação mas escorou por cima, para desespero dos mais de 32 mil torcedores presentes ao Allianz Parque.

Com o empate, o segundo seguido no Brasileirão, o Palmeiras vai a 48 pontos e permanece na liderança isolada. O Flamengo segue logo atrás com 1 ponto a menos e o Atlético-MG, que tem 42, ainda jogará na rodada (receberá o Sport).

Na próxima rodada o Verdão enfrentará o Corinthians. O clássico está marcado para sábado (17/09), às 16h, em Itaquera.

Notícias relacionadas:

- Ficha técnica de Palmeiras 1 x 1 Flamengo
- Notas de Palmeiras 1 x 1 Flamengo
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
 
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!