Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 30/09/2017 - 20:57h.
Palmeiras perde para o Santos no Allianz Parque e dá adeus ao sonho do título
Time de Cuca domina o adversário, mas é superado com um gol idiota; briga agora será para manter vaga no G4.

Toda chuva acumulada na cidade de São Paulo nos últimos meses resolveu cair aproximadamente uma hora antes da bola rolar, e naturalmente novo gramado do Allianz Parque não suportou. Até um apagão - algo inédito na história da arena, aconteceu, mas durou aproximadamente 5 minutos. Com a bola rolando, os dois times não conseguiam trocar três passes seguidos, tornando o início da partida muito ruim.

A primeira finalização alviverde demorou 21 minutos para acontecer; Willian fez boa jogada individual pela direita e tocou para Moisés, que bateu mal, para fora. No lance seguinte o camisa 10 teve outra oportunidade, desta vez como pé esquerdo, mas também errou o alvo. O Santos respondeu aos 27 com Ricardo Oliveira; o atacante cobrou falta de longe, nas mãos de Fernando Prass.

Aos 38 minutos uma chance clara: Jean arriscou da entrada da área e viu a bola passar perto da trave direita de Vanderlei. Novamente os visitantes responderam rapidamente. Aos 39 Prass saiu mal do gol, dando a bola nos pés de Jean Mota, que bateu com perigo, para fora.

Nos últimos minutos da etapa inicial a arbitragem irritou a torcida presente ao Allianz Parque ao não assinalar algumas faltas para o Verdão. Em uma delas, aos 46 minutos, o Santos contra-atacou e só não abriu o placar com Ricardo Oliveira graças a um milagre de Fernando, que defendeu com o pé direito.

Com Thiago Santos no lugar de Zé Roberto, e já com o gramado numa condição melhor, o Verdão voltou melhor para o segundo tempo, pressionando o Santos desde os minutos iniciais. Aos 5 Jean deu bom passe para Deyverson, que poderia ter dominado antes de finalizar, mas ele bateu de primeira e errou o alvo por muito. Aos 6 outra escolha errada, desta vez de Dudu, que bateu para fora ao invés de tocar para Jean, que estava de frente para o gol.

Só dava Palmeiras. Aos 8 minutos Willian bateu colocado, de canhota, fácil para Vanderlei. Como o gol não saiu, aos 18 minutos o técnico Cuca promoveu a segunda alteração: Jean deu lugar a Guerra. Pouco depois o Verdão perderia a melhor chance do jogo. Aos 21 Moisés recebeu de Mayke e cruzou rasteiro, Deyverson não alcançou e Dudu furou. Incrível.

O castigo veio aos 31 minutos. No primeiro ataque do segundo tempo, o Santos abriu o placar. Guerra quis sair jogando bonito perto da área, foi desarmado e a jogada prosseguiu coma defesa desarrumada; Bruno Henrique enxergou Ricardo Oliveira livre na área e levantou na cabeça dele: 1 a 0.

Imediatamente depois do gol Cuca trocou Willian por Borja. Aos 33 o colombiano teve a primeira (e única) chance; ele arriscou da entrada da área, por cima do travessão. Se com o empate o Santos já jogava com 11 atrás, vencendo o jogo eles armaram uma retranca ainda maior.

Aos 44 minutos, do meio-campo, Juninho lançou Dudu, que mesmo livre de marcação e na frente do goleiro cabeceou para fora. Os 4 minutos de acréscimo foram de bola na área do Santos, que conseguiu afastar todas, garantindo a vitória. E assim o Palmeiras deu adeus à chance de título. Com 43 pontos e na quarta colocação, resta ao time brigar por uma vaga na Libertadores.

Em função das últimas duas rodadas das Eliminatórias da Copa, o Brasileirão voltará a ficar parado por 10 dias. O Palmeiras voltará a campo em 12/10 (uma quinta-feira), às 21h, para enfrentar o Bahia, no Pacaembu.

Notícias relacionadas:

- Notas de Palmeiras 0 x 1 Santos
- Ficha técnica de Palmeiras 0 x 1 Santos
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!