Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 13/05/2018 - 17:53h.
Palmeiras joga mal, perde em Itaquera e desperdiça nova chance de ser líder
Time de Roger Machado acertou três bolas na trave no revés por 1 a 0 fora de casa.

Confirmando a expectativa inicial de ter apenas Thiago Santos como novidade no time titular (no lugar do suspenso Felipe Melo), o Palmeiras iniciou o jogo esperando o adversário, que por sua vez também não mostrava muito apetite. Apesar disso, cada time criou uma boa chance antes dos 10 minutos. O ex-rival aos 4 num chute de fora da área de Maycon (a arbitragem ainda inventou um desviou, marcando escanteio), e o Verdão com Keno pouco depois, num chute/cruzamento que o goleiro espalmou.

Aos 13 minutos, Bruno Henrique - num raro momento de pressão na saída de bola, desarmou Rodriguinho e tocou para Borja, que chutou fraco, nas mãos de Cássio. Aos 17 Henrique chutou a barriga de Borja e Anderson Daronco e seus auxiliares (inclusive os "tutores"), fingiram não ver. Aos 20 Thiago Santos antecipou a marcação e cruzou na cabeça de Borja, mas novamente o colombiano parou no goleiro. Aos 24 minutos foi a vez de Dudu testar Cássio num chute de fora da área que também saiu fraco.

O mandante só voltou a levar relativo perigo aos 30 minutos num chute de Gabriel que desviou em Edu Dracena e saiu em escanteio, que não resultou em nada. Mesmo sem empolgar, o Verdão era superior e só não traduziu isso em gol aos 36 minutos porque Thiago Santos conseguiu acertar a trave mesmo cara a cara com o goleiro. O volante estava ligeiramente impedido, não assinalado pela arbitragem.

O castigo veio a galope. No minuto seguinte Lucas Lima errou um cruzamento e o ex-rival puxou um contra-ataque; Bruno Henrique e Thiago Santos não conseguiram parar a jogada no meio-campo, que prosseguiu pela esquerda com Jadson; o meia rolou para Maykon bater para dentro da área, onde Jailson não conseguiu cortar, deixando a bola nos pés de Rodriguinho: 1 a 0.

Atrás no placar de maneira, o Palmeiras foi em busca do empate. Aos 43 minutos Marcos Rocha cobrou falta e Borja fez Cássio trabalhar, mas o assistente já havia invalidado a jogada pois o camisa 9 estava impedido. Foi a única investida alviverde antes do primeiro tempo terminar.

Sem alterações para a etapa final, o Verdão voltou tentando imprimir um ritmo mais veloz, mas foi do adversário a primeira oportunidade. Logo no primeiro minuto, em contra-ataque, Romero recebeu de Maycon e bateu nas mãos de Jailson. A resposta do Palmeiras não demorou, mas o chute de Bruno Henrique, ainda dentro do primeiro minuto, não levou perigo ao goleiro.

Aos 4 minutos, em outra tentativa da entrada da área, Bruno Henrique optou por chutar rasteiro e acertou a trave esquerda. Depois disso, nada de relevante aconteceu até os 17 minutos, quando o técnico Roger Machado trocou o sumido Lucas Lima por Guerra. Como o venezuelano também não entrou inspirado, aos 24 minutos Roger mexeu outra vez, trocando Thiago Santos por Tchê Tchê.

Após a segunda mexida enfim o jogo esquentou, mas só para o ex-rival, que criou três boas chances em sequência para ampliar a vantagem, com Pedrinho, Balbuena e Rodriguinho. Em duas delas Jailson fez milagre, em outra, ele vacilou (saiu mal do gol em cobrança de escanteio).

Diante da total apatia de seu time, aos 28 minutos Roger Machado fez a última alteração: Borja por Willian. Aos 32 minutos, após rápido contra-ataque puxado por Keno, Tchê Tchê arriscou de canhota, sem perigo, por cima. Aos 35 Pedrinho percebeu Jailson adiantado e bateu colocado, buscando o ângulo, mas o goleiro se recuperou a tempo de fazer uma bela defesa.

Nos minutos finais o Verdão enfim conseguiu deixar o campo defensivo para tentar ao menos o empate, que só não saiu aos 43 minutos com Antônio Carlos porque novamente a bola carimbou a trave de Cássio após levantamento de Dudu. E foi só.

Com o revés no Estádio Público de Itaquera, o Palmeiras permanece com 8 pontos e desperdiça nova chance para assumir a liderança do Campeonato Brasileiro, que permanece nas mãos do Flamengo, 2 pontos a frente.

Na quarta-feira (16/05) a equipe recebe o Junior Barranquilla pela sexta e última rodada da fase de grupos da Libertadores. A partida será realizada às 21h45, no Allianz Parque.

Notícias relacionadas:

- Notas de Sistema 1 x 0 Palmeiras
- Ficha técnica de Sistema 1 x 0 Palmeiras
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!