Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 03/11/2018 - 20:58h.
Em jogão, Verdão vence o Santos por 3 a 2 no Allianz Parque e abre vantagem na liderança
Dudu, Edu Dracena e Victor Luis fizeram os gols; diferença para o segundo colocado subiu para 5 pontos.

Com Jean na lateral, Edu Dracena e Antônio Carlos formando a dupla de zaga, e Scarpa no lugar de Willian, o Verdão iniciou o clássico tomando a iniciativa. Logo aos 2 minutos Dudu cobrou escanteio e Dracena fez Vanderlei tirar com os olhos. Aos 5 Bruno Henrique enfiou para Borja que com um tapa deixou Lucas Lima em ótima condição para abrir o placar, mas o goleiro fez grande defesa.

O Santos só foi conseguir chegar perto da meta de Weverton aos 10 minutos, quando Sanchez cruzou para Rodryo, mas o atacante não alcançou a bola. Aos 13 Jean arrancou do meio-campo e deu bom passe para Borja; o colombiano girou e chutou cruzado, Vandrelei deu rebote e Dudu conferiu: 1 a 0.

Pouco depois do gol do Palmeiras, uma forte chuva começou a cair no Allianz Parque, o que fez o time de Felipão antecipar a tática de se resguardar para explorar os contra-ataques. Com mais posse de bola, o Santos não conseguia passar pela forte marcação alviverde.

A partida era controlada até que aos 37 minutos o Santos permitiu ao Verdão que contra-atacasse, conseguindo um escanteio. Na cobrança de Dudu, Edu Dracena ganhou da marcação e escorou no canto esquerdo de Vanderlei, que nem se mexeu: 2 a 0. Foi o primeiro gol do defensor em 107 partidas pelo Palmeiras.

Nos minutos finais do primeiro tempo, para tentar diminuir o prejuízo, o Santos esboçou uma pressão, mas o que de melhor conseguiu foi uma cabeçada de Gustavo Henrique que passou perto de travessão de Weverton após escanteio executado por Rodrygo; a bola foi levemente por Antônio Carlos e o segundo tiro de canto não resultou em nada.

A etapa final começou com o Santos criando uma boa oportunidade: Sanchez chutou cruzado, Weverton desviou com a ponta dos dedos e na sobra Copete não alcançou. A resposta do Verdão não demorou. Aos 5 minutos Lucas Lima enfiou para Dudu, que tentou tocar para Scarpa, livre na área, mas Vanderlei conseguiu atrapalhar.

Aos 7 minutos Scarpa fez sua jogada característica ao sair da marcação puxando para dentro e batendo colocado buscando o ângulo; a bola tirou tinta do travessão. Aos 9 minutos o árbitro ignorou uma falta em Dudu no meio-campo, a jogada prosseguiu e o Santos descontou; Dracena espanou dentro da área e Copete aproveitou: 2 a 1.

Logo após sofrer o gol, aos 14 minutos, o Palmeiras teve uma ótima chance para aumentar a vantagem: Bruno Henrique cobrou falta com perigo à esquerda do goleiro. Aos 19 outro vacilo do sistema defensivo alviverde e de Edu Dracena: o zagueiro trombou com Sanchez dentro da área e a bola sobrou para Dodô chutar entre as pernas de Weverton: 2 a 2.

Alteração programada antes do empate, aos 21 minutos Felipão trocou Lucas Lima por Felipe Melo. Aos 26, Victor Luis cobrou uma falta de média distância, a bola desviou no meio do caminho e enganou Vanderlei, que engoliu um frango: 3 a 2. Dois minutos depois do gol, Jean sentiu o cansaço e foi substituído por Guerra. Sem um lateral de ofício em campo, Scolari improvisou Thiago Santos na posição.

Aos 34 minutos Diego Pituca cometeu falta dura em Scarpa e como já tinha cartão amarelo foi corretamente expulso. O árbitro, no entanto, poderia ter deixado a jogada prosseguir, uma vez que Dudu sairia na cara do goleiro após passe de Guerra.

Com um jogador a mais, o Verdão passou a ditar o ritmo da partida, controlando o Santos. Aos 41 minutos Felipão queimou a última alteração a que tinha direito trocando Borja por Deyverson. Nos minutos finais, contando os 5 de acréscimo, a equipe visitante só conseguiu finalizar mais uma vez, com Gustavo Henrique, de cabeça, mas Weverton segurou facilmente.

Com a importantíssima vitória o Palmeiras vai a 66 pontos e abre 5 de diferença para o segundo colocado do Brasileirão, o Internacional, que venceu o Atlético-PR com ajuda da arbitragem e ultrapassou o Flamengo. O resultado também garante vaga na próxima edição da Libertadores. Restam 6 rodadas.

Agora o Verdão para por uma semana, já que o próximo compromisso está marcado para 17h de domingo (11/11) contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte.

Notícias relacionadas:

- Notas de Palmeiras 3 x 2 Santos
- Ficha técnica de Palmeiras 3 x 2 Santos

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!