Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 17/02/2012 - 22:04h.
Verdão vence a quinta seguida e segue líder
Por Eduardo Luiz  eduardoluiz@palmeirastododia.com

O jogo começou corrido em Guaratinguetá, com os dois times buscando o gol. Aos 4 minutos Maikon Leite finalizou de canhota, no canto esquerdo do goleiro, que foi buscar. A resposta dos donos da casa veio aos 6, numa sequência de tentativas de finalizações, bloqueadas pelo sistema defensivo alviverde.

Aos 10 minutos porém, nem que o Verdão tivesse 11 goleiros evitaria o belo gol de Pio, que ganhou de Juninho, ajeitou e soltou a bomba no ângulo direito de Deola: 1 a 0. O gol não abalou o time de Felipão. Aos 14 Barcos tabelou com Maikon Leite mas Bagio tirou a bola do camisa 7 antes da finalização. Aos 15 Pio voltou a levar perigo em outro chute de longa distância, que saiu por cima.

A partida era aberta. Aos 17 minutos Marcos Assunção cobrou falta e Jailson espalmou, mandando para escanteio. Na cobrança saiu o empate; Assunção levantou, Henrique foi empurrado, o árbitro acertou ao dar a vantagem pois a bola caiu nos pés de Artur, que não desperdiçou: 1 a 1. Foi o terceiro gol do camisa 14 em 3 jogos pelo Verdão.

Após o empate, os dois times diminuíram um pouco o ritmo e apenas aos 28 minutos a torcida presente ao estádio de Guaratinguetá se levantou nas arquibancadas, e foi como consequência de um chute perigoso de Nenê, que Deola apenas observou sair por cima. Aos 30 Artur sentiu uma lesão e deu lugar a João Vítor.

Já com o domínio da partida, o Palmeiras voltou a levar perigo nos minutos finais. Aos 42 Patrik ajeitou para Barcos, que tocou para Maikon Leite; o atacante sairia na cara do goleiro, mas foi desarmado. Aos 46, em jogada semelhante, Maikon só não fez o gol porque Daniel o derrubou; pênalti que o argentino Hernán Barcos converteu com extrema categoria: 2 a 1 e fim de papo na etapa inicial.

Com um homem a menos, já que Daniel foi expulso no lance da penalidade, o Guaratinguetá viu o Palmeiras iniciar o segundo tempo tocando bem a bola e chegando ao ataque com perigo. Aos 3 minutos Patrik soltou a bomba, por cima. Aos 10 foi a vez de Barcos tentar, mas sua bola teve o mesmo destino.

Jogando bem, o Verdão voltou a assustar a meta de Jailson aos 17 num chute de Marcos Assunção, que passou perto do travessão do goleiro. Aos 26, Gerley, que entrara minutos antes na vaga de Juninho, tabelou com Maikon Leite e finalizou para fora. O Guará só foi chegar ao ataque aos 28, num chute de Pio que não fez Deola se preocupar.

O Palmeiras seguia em busca do terceiro gol. Aos 30 minutos Daniel Carvalho lançou, Maikon Leite ganhou na corrida do seu marcador mas não conseguiu finalizar. No minuto seguinte foi a vez de Barcos colocar o camisa 7 para correr, mas Bagio o agarrou pela camisa e também foi para o chuveiro mais cedo.

Com dois homens a mais, o time de Scolari passou a tocar a bola para administrar o resultado, mas nas vezes que deu, tentou aumentar a vantagem, foi o que aconteceu aos 39 minutos com Barcos; o Pirata  driblou dois marcadores e chutou por cima. O terceiro gol acabou saindo aos 41 com João Vítor; o substituto de Artur experimentou da entrada da área e venceu o goleiro: 3 a 1.

No último lance da partida o Guaratinguetá ainda descontou com Pio, após uma falha de Deola, mas já era tarde demais. Com a vitória - a quinta seguida, o Palmeiras vai a 20 pontos e se mantém na liderança do Paulistão.

O próximo compromisso do Verdão está marcado para às 19h30 de quinta-feira (23/02), contra o Oeste, no Pacaembu.

Mais Guará 2 x 3 Palmeiras:

- Ficha técnica
- Observações e notas
- TV PTD: assista aos gols do jogo



 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!