Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 22/08/2012 - 23:52h.
Derrota e vaga
Por Eduardo Luiz  eduardoluiz@palmeirastododia.com

Podendo perder por 1 gol de diferença para se classificar, o Verdão iniciou o jogo marcando o Botafogo, que não conseguia passar pelo sistema defensivo alviverde. A primeira vez que os mandantes fizeram Bruno trabalhar foi aos 20 minutos, numa finalização fraca de Rafael Marques.

Atuando com o regulamento debaixo do braço, o time de Felipão respondeu aos 23, numa cabeçada que Elkeson desviou contra a própria meta, mas Jefferson estava atento. Aos 30 minutos Barcos tentou um golaço de fora da área e viu a bola sair por pouco.


Sem criatividade, o Botafogo só conseguiria abrir o marcador com ajuda da arbitragem, e foi o que aconteceu. Aos 34 minutos Lucas recebeu de Andrezinho em completo impedimento; o assistente ignorou, a jogada prosseguiu, o lateral dividiu com Bruno e a bola sobrou para Seedorf: 1 a 0.


O gol da equipe carioca não desestabilizou o remendado Verdão. Aos 40 minutos Obina só não marcou de bicicleta porque Jefferson se esticou todo para evitar o golaço. Aos 42, porém, o goleiro sequer se mexeu uma finalização cruzada e rasteira de Patrik (em posição legal), após lindo passe de Barcos: 1 a 1. Logo em seguida o árbitro encerrou a etapa inicial no vazio Engenhão.


Precisando abrir três de diferença para conseguir a vaga, o Botafogo voltou mais ligado para o segundo tempo e logo no primeiro ataque conseguiu o gol. Aos 11 minutos Renato dividiu com Mazinho, a bola espirrou, ninguém da zaga acompanhou e o próprio Renato conferiu: 2 a 1.


O Palmeiras sentiu o gol e cedeu campo ao rival. Aos 15 Seedorf cobrou falta e viu a bola cruzar toda área Palmeirense. Aos 23 minutos Elkeson ganhou da defesa e cabeceou na trave esquerda de Bruno. Aos 26 a equipe carioca puxou contra-ataque e novamente contou com o vacilo do sistema defensivo alviverde para chegar o terceiro gol; Lucas cruzou e Lodeiro finalizou no meio de 3 adversários: 3 a 1.


A partida, que era tranquila, ganhou ares de dramaticidade. Para segurar o resultado que garantia a vaga, Felipão tratou de recuar ainda mais a equipe. Com o Botafogo em cima, alguns espaços surgiram no ataque, mas o time não soube aproveitar, isso aconteceu aos 31 minutos com Mazinho e aos 32 com Barcos, após linda jogada de Betinho, que substituiu Obina.


Nos minutos finais o Botafogo intesificou a pressão mas parou no paredão Palmeirense. Apesar da derrota o Verdão avança às oitavas de final da Copa Sul-Americana e agora aguarda o vencedor do confronto entre Millonarios-COL e Guarani-PAR, que sairá apenas em setembro.


O Palmeiras volta a campo no sábado (26/08) para enfrentar o Santos. O clássico será às 18h30, no Pacaembu, com mando alviverde.

Mais Botafogo 3 x 1 Palmeiras:

- Ficha técnica
- Observações e notas
- TV PTD: os gols do jogo
- Página da Copa da Sul-Americana

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!