Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 06/09/2012 - 22:59h.
Verdão vence começa a sair do sufoco
Por Eduardo Luiz  eduardoluiz@palmeirastododia.com

Apoiado pela torcida, o Verdão iniciou o jogo com a proposta de pressionar o Sport. A primeira finalização surgiu aos 7 minutos com Luan, mas Magrão segurou sem problemas. O esperado sufoco, porém, parou por aí.

Com Tiago Real e Valdivia juntos e encarregados pela armação das jogadas, o Palmeiras mantinha a posse de bola mas não encontrava brechas para passar pelo ferrolho do rival, e quando encontrou, parou na trave. Aos 26 minutos João Vítor deu belo passe para Obina, que mesmo livre de marcação e já dentro da área, acertou o poste esquerdo do goleiro.


Aos 33 minutos Obina ajeitou para Tiago Real soltar a bomba, mas novamente Magrão mostrou serviço. Os visitantes só foram levar perigo aos 40 minutos numa cobrança de falta executada por Bruno Aguiar; a bola passou perto do travessão de Bruno, que foi trabalhar de fato apenas aos 45 após cabeçada de Felipe Azevedo.


No segundo tempo o Palmeiras voltou com Artur no lugar de João Vítor. A mudança fez Correa sair da lateral e ir para o meio-campo, e o time melhorou. Logo aos 2 minutos Valdivia deixou Luan na cara do goleiro, mas o camisa 11 errou o alvo. Aos 6 o Mago descolou um bom passe para Obina, mas Diego tirou de carrinho.


O gol, que parecia maduro, finalmente amadureceu aos 7 minutos num chute forte de fora da área de Correa, que contou com a colaboração de Magrão: 1 a 0. A exemplo de rodadas anteriores, após abrir o marcador o time de Felipão recuou. Aos 12 minutos Felipe Azevedo experimentou de fora da área, por cima. Aos 15 Rivaldo (aquele!) driblou dois e tocou para Hugo desviar fraco. No minuto seguinte o volante fez o improvável: de fora da área soltou a bomba de pé direito. Golaço: 1 a 1.


Os 30 mil Palmeirenses presentes ao Pacaembu fatalmente ficariam angustiados, mas não deu tempo. Aos 17 minutos Luan fez linda assistência para Tiago Real bater cruzado: 2 a 1. Para não dar chance ao azar, dessa vez o Verdão não largou mão do ataque e foi recompesado aos 22; Tiago Real deixou Obina em ótima condição para finalizar e correr para o abraço: 3 a 1.


Com dois gols de vantagem, o Palmeiras finalmente se tranquilizou. Aos 24 minutos Valdivia levou um soco no rosto de Tob, mas a arbitragem não expulsou o volante. O Sport só voltou a levar perigo aos 38 minutos numa bomba de Gilberto que tirou tinta da trave esquerda de Bruno.

Aos 41 ainda deu tempo para Valdivia carimbar a trave após bela cobrança de falta. Assim foi o reencontro do Palmeiras com a vitória após 5 rodadas de jejum. O time vai a 20 pontos e fica mais perto de sair do Z4.


O Verdão volta a campo às 18h30 de domingo (09/09) para enfrentar o Atlético-MG, na casa do adversário. Henrique, novamente suspenso, será o desfalque.

Mais de Palmeiras 3 x 1 Sport:

- Ficha técnica
- Observações e notas
- TV PTD: os gols do jogo
- Classificação atualizada

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!