Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 17/10/2012 - 21:28h.
Betinho dá sobrevida ao Verdão
Por Eduardo Luiz  eduardoluiz@palmeirastododia.com

Reforçado de última hora por Marcos Assunção e Barcos, o Palmeiras iniciou o jogo tentando surpreender o Bahia. Aos 5 minutos Assunção cobrou falta da entrada da área e exigiu de Marcelo Lomba uma boa defesa.

O time de Jorginho só foi responder aos 17, numa finalização de Neto que não levou perigo a Bruno. No minuto seguinte Barcos recebeu na entrada da área, girou e bateu cruzado, para fora. Aos 19 o gol saiu. O Pirata fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Betinho se antecipar ao zagueiro que o marcava: 1 a 0.


O gol fez o Verdão diminuir o ritmo, enquanto que o Bahia se lançou ao ataque mas encontrou uma marcação muito forte. Diante desse panorama, a bola parada passou a ser a única alternativa dos mandantes. Aos 31 minutos Neto teve a oportunidade mas parou em Bruno.


Após o lance de perigo, o Palmeiras também passou a evitar as faltas perto da área, e deixou a equipe baiana sem opções. Jogando no contra-ataque, o time de Kleina poderia ter criado alguma jogada de perigo antes do encerramento da etapa inicial, mas esbarrou na hora do último passe.


Na etapa final Palmeiras e Bahia intensificaram as posturas adotadas do final do primeiro tempo, ou seja, o Verdão recuou demais e o Bahia foi com tudo em busca do empate.


Aos 4 minutos Lulinha cobrou escanteio e encontrou Fhael livre, mas o volante cabeceou para fora. Aos 8, após bate-rebate, Kleberson finalizou com perigo, à esquerda. O Palmeiras respondeu num contra-ataque aos 10 com Barcos, mas o chute do Pirata saiu por cima.


Jogando no erro do adversário, o Verdão não contava com o erro da arbitragem. Aos 24 minutos a bola bateu na mão de Titi dentro da área mas Leandro Vuaden ignorou a penalidade. Aos 27 Barcos fez boa jogada pela esquerda e bateu para dentro da área; Titi se atrapalhou e quase marcou contra.


A partir dos 30 minutos os mandantes passaram a errar muitos passes, diminuindo a pressão. Para segurar o resultado, o técnico Gilson Kleina trocou Patrick Vieira por Márcio Araújo, mas o volante não teve trabalho. No final do jogo o Palmeiras foi quem ficou mais perto de fazer o segundo, e isso só não aconteceu por causa do preciosismo de Barcos, mas acabou não fazendo falta.


Com a vitória, apenas a terceira fora de casa, o Verdão vai a 29 pontos e ganha sobrevida no Brasileirão. Agora a distância para o primeiro time fora do Z4 (o próprio Bahia) é de 6 pontos.


Sábado (20/10) o Palmeiras recebe o Cruzeiro, às 18h30. O jogo será novamente em Araraquara.

Mais de Bahia 0 x 1 Palmeiras:

- Ficha técnica
- Observações e notas
- TV PTD: o gol do jogo
- Classificação atualizada

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!