Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 23/10/2008 - h.
Mãos ao alto! Assalto no Palestra!

O Palmeiras começou o jogo com a tarefa de tentar furar a retranca armada pelo Argentino Juniors, que por sua vez parecia satisfeito só em não levar o gol. Foram poucas as vezes em que Marcos teve sua meta ameaçada. Na melhor oportunidade do time visitante, o goleiro Palmeirense fez grande defesa num chute de Hauche. Jogando com um time misto, o Verdão também criou pouco, mas foi mais perigoso quando chegou. O time comandado por Vanderlei Luxemburgo até chegou a marcar um gol legítimo, mas a arbitragem não viu; Léo Lima cobrou falta da entrada da área, a bola bateu no travessão e quicou além da linha; na seqüência Thiago Cunha cabeceou na trave. Também de falta, aos 30 minutos, o Palmeiras desperdiçou a sua última grande chance da etapa inicial; desta vez Diego Souza foi o cobrador, mas o goleiro Torrico fez grande defesa. Assim foi o primeiro tempo no Palestra Itália.

Com Evandro e Maicosuel nas vagas de Fabinho Capixaba e Thiago Cunha, o Palmeiras voltou para o segundo tempo mais ofensivo. Logo aos 4 minutos Maicosuel ajeitou para Evandro chutar com perigo. Aos 15' Diego Souza exigiu de Torrico uma grande defesa; no rebote Evandro chutou e Escudero colocou a mão na bola dentro da área; pênalti que Diego Souza cobrou e fez, mas a arbitragem, má intencionada, não permitiu pela segunda vez que o Verdão abrisse o placar. O juiz alegou que a paradinha feita por Diego na cobrança foi ilegal. O camisa 7 Palmeirense ainda recebeu um cartão amarelo. Na segunda cobrança o goleiro Torrico avançou 5 metros e fez a defesa; a arbitragem validou a irregularidade a favor dos argentinos. Foi o terceiro "erro" da noite. Para piorar a situação, aos 21 minutos, no único lance de ataque do medíocre time visitante, Escudero recebeu lançamento, dominou e chutou cruzado: 1 x 0. Foi o estopim para os jogadores Palmeirenses perderem a cabeça. O Argentino Juniors aproveitava cada oportunidade que tinha para ganhar tempo e assim conseguiu levar o jogo até o fim. O Palmeiras ainda perdeu Evandro e Gladstone, expulsos. Com a derrota o time de Vanderlei Luxemburgo precisará vencer por 2 gols ou mais de diferença no jogo de volta, marcado para o dia 05/11 na Argentina. Uma vitória simples leva a decisão para os pênaltis. 2 x 1, 3 x 2 e assim por diante dá a vaga ao Palmeiras.

Sábado (25/10) o Verdão volta suas atenções de novo para o Brasileirão. O adversário será o Fluminense, às 16h no Maracanã.

Eduardo Luiz
eduardoluiz@palmeirastododia.com

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!