Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 28/08/2016 - 17:54h.
Verdão se impõe, faz 2 a 0 no Fluminense e vai a 43 pontos
Com belos gols de Dudu e Jean, Palmeiras vence mais uma em Brasília e volta a abrir três pontos de vantagem na liderança.

Com Gabriel de titular e Cleiton Xavier no banco, o Palmeiras iniciou o jogo tomando a iniciativa. Logo no primeiro minuto Jean arriscou com perigo, por cima. Com velocidade, o ataque alviverde envolvia com certa facilidade a defesa do Fluminense, que só conseguia se segurar na base das faltas. A truculência do adversário, porém, contaminou o time de Cuca, que aos poucos também começou a usar do expediente.

Aos 14 minutos Gustavo Scarpa cobrou uma falta, a defesa afastou e no rebote Cícero isolou. Aos 18 a resposta Palmeirense, também em cobrança de falta, e desta vez, fatal: Jean levantou na área, Diego Cavalieri saiu caçando borboletas e Dudu, sem ângulo, se atirou na bola para fazer um belo gol de coice: 1 a 0.

Empurrado pela maioria da torcida presente ao estádio Mané Garrincha, o Palmeiras se empolgou e rapidamente chegou ao segundo gol. Aos 24 minutos Moisés pegou uma sobra já de dentro da área, soltou a bomba, a bola bateu no colombiano Yerry Mina e se ofereceu para Jean fuzilar a meta de Cavalieri: 2 a 0. Golaço.

O terceiro poderia ter saído logo em seguida, aos 26, quando Dudu deu lindo drible em Gum e bateu de canhota, mas o defensor se recuperou e bloqueou a finalização. Após o baque duplo, o Fluminense só conseguiu reagir aos 30 minutos; Cícero lançou Scarpa, que ganhou de Mina e deixou Wellington na cara de Jailson; em posição legal, o atacante bateu rasteiro, mas o camisa 49 Palmeirense fez milagre. Na cobrança de escanteio, Henrique Ceifador ganhou da defesa e escorou por cima.

Na reta final da etapa inicial o Palmeiras resolveu apostar nos contra-ataques. A tática quase deu certo aos 39 minutos; Jesus avançou e tocou para Tchê Tchê; o volante puxou para o pé esquerdo e bateu com perigo, por cima. Aos 40 Henrique errou passe, Jesus não conseguiu o domínio e acabou sendo bloqueado na hora da finalização. Aos 44 Erik ainda fez Diego Cavalieri praticar ótima defesa antes da partida ir para o intervalo.

O Fluminense iniciou o segundo tempo tentando pressionar o Palmeiras, mas o que de melhor conseguiu foram dois cruzamentos relativamente perigosos, interceptados por Jailson. Aos 6 minutos Moisés quis fazer um golaço ao bater de primeira, mas errou o alvo por muito. Aos 7 o terceiro gol saiu, mas Jesus estava impedido após cruzamento de Jean. Acertou o bandeirinha.

Aos 13 minutos Gustavo Scarpa cobrou falta direto, mas Jailson estava atento e fez grande defesa. Aos 15 o Verdão apertou a marcação no ataque, Moisés pressionou, Dudu roubou a bola, tocou para Jesus que tocou para Gabriel; o volante finalizou e viu a bola explodir na trave após leve desvio de Diego Cavalieri. Aos 17 minutos Cuca promoveu a primeira alteração: Róger Guedes substituiu Erik.

Querendo mostrar serviço, o camisa 23 desperdiçou bom contra-ataque aos 22 minutos; ele recebeu de Moisés e bateu para fora. A melhor opção era o passe para Jean, que invadiria a área livre pela direita. No minuto seguinte mais uma alteração: cansado, Moisés deu lugar a Cleiton Xavier.

Com o Fluminense cada vez mais avançado para tentar diminuir, o Palmeiras foi tendo mais espaços para contra-atacar. Aos 26 minutos novamente a bola caiu nos pés de Róger Guedes, que desta vez fez a escolha certa ao passar para Jean, mas colocou muita força na bola. Aos 29 Arouca substituiu Gabriel, que também sentiu o ritmo intenso da partida.

Sem conseguir criar jogadas de perigo por baixo, a equipe carioca resolveu tentar por cima. Aos 29 minutos, após cobrança de escanteio, Cícero apareceu livre de marcação e escorou para baixo, nas mãos de Jailson. Com o jogo controlado, o Verdão quase marcou o terceiro aos 42 minutos; Jesus deu belo passe para Dudu fintar o goleiro e bater sem ângulo, Wellington Silva salvou.

Aos 43 minutos, após falta cometida por Zé Roberto perto da área, Marquinho cobrou na cabeça de Gum; Jailson fez a defesa mas o lance já estava parado pois o zagueiro estava impedido. Nos minutos finais, contando os 4 de acréscimo, o Palmeiras manteve a posse de bola no campo ofensivo à espera do apito final do juiz.

Com a vitória, mais uma fora de casa, a equipe vai a 43 pontos e volta a abrir três de vantagem para o segundo colocado, o Flamengo.

Agora o Verdão dá um tempo no Brasileirão pois na quarta-feira (31/08) estreia na Copa do Brasil diante do Botafogo-PB, no Allianz Parque. O jogo, válido pelas oitavas de final, está marcado para 19h30.

Notícias relacionadas:

- Notas de Fluminense 0 x 2 Palmeiras
- Ficha técnica de Fluminense 0 x 2 Palmeiras
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!