Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 31/10/2016 - 21:08h.
Análise do Vitão: O menos é mais

Saudações Palestrinas!

Existe uma máxima no futebol que se aplica muito bem ao nosso momento: “Em time que está ganhando, não se mexe”.

Com um elenco extenuado devido ao final de uma dura temporada, nosso técnico Cuca resolveu fazer algumas alterações que infelizmente não estão dando certo.

Experiências devem ser feitas na montagem do elenco ou no início do campeonato, nunca na reta final de uma competição na qual somos os líderes a poucos jogos de sermos campeões.

Apesar da má fase do Jean e do Roger Guedes, a insistência em Fabiano, Allione e Rafael Marques é feita em uma hora imprópria.

Somando as alterações frustradas com a falta de vontade de ganhar a partida contra o Santos, o resultado não poderia ser diferente.

Apesar do bom primeiro tempo, onde poderíamos ter matado o jogo, o Palmeiras ficou devendo muito futebol; tudo por conta de um segundo tempo desastroso, tanto tática quanto tecnicamente.

Gabriel Jesus infelizmente fez mais uma péssima partida, faltam no máximo cinco partidas para que ele vá embora; ele poderia terminar o campeonato como craque e artilheiro da competição, mas da forma que está jogando infelizmente isso não deve ocorrer.

O primeiro tempo terminou dando a impressão de que poderíamos sair pelo menos com um empate na Vila, mas bastou iniciar o segundo tempo sem alterações e com uma preguiça gigantesca que todo o torcedor Palestrino ficou com uma pulga atrás da orelha.

Por diversas vezes durante o jogo a nossa zaga abusou das ligações diretas, resultado da péssima partida do Jean e do fato de Moisés e Tchê Tchê estarem sobrecarregados na marcação; sentimos a falta de um volante marcador que poderia ter sido escalado no lugar do Allione, que realmente não apareceu durante toda a partida.

Em uma jogada nas costas do contestado Fabiano, o adversário conseguiu chegar ao gol que sacramentou a nossa primeira derrota no segundo turno.

Vinicius estreou debaixo das metas e não complicou, apesar de ter dado azar no lance do gol, não pode ser culpado pela derrota de forma alguma, muito pelo contrário, demonstrou segurança depois dos dez minutos iniciais.

Após sofrermos o gol, o Cuca colocou Leandro Pereira, Rafael Marques e Cleiton Xavier, em uma tentativa clara de alçar bolas na área do adversário, o que irritantemente não deu certo, afinal não acertamos nenhum cruzamento.

Final de jogo, perdemos de um adversário que até pouco tempo atrás era um dos nossos maiores fregueses e neste momento se tornou uma pedra em nossos sapatos.

Apesar da derrota continuamos com uma ótima vantagem na liderança, mas não podemos vacilar de forma alguma na partida contra o Inter em casa, temos que vencer ou vencer!

O sonho está muito próximo de se tornar realidade, basta fazermos o feijão com arroz, sem inventar, este é o momento onde o “menos é mais”.

Um grande abraço!

Vitão
 
CONFIRA TAMBÉM NO PTD
-
- Página do Brasileirão
- Página da Libertadores
- Página da Copa do Brasil
- Números do Verdão na temporada
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
 
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!

 

 
 
 
 
ENQUETE
 
Untitled Document
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!