Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 17/11/2016 - 23:08h.
Verdão empata com o Atlético-MG em 1 a 1 e continua com boa vantagem na ponta
Time de Cuca sai na frente com gol de Gabriel Jesus mas cede o empate na etapa final; diferença para o segundo colocado agora é de 4 pontos.

Conforme o esperado, o Palmeiras foi pro jogo sem Zé Roberto e Mina, vetados no vestiário; Egídio e Edu Dracena, respectivamente, ficaram com as vagas. E também conforme era esperado, o Atlético-MG iniciou pressionando. Aos 2 minutos Fábio Santos cruzou, Vitor Hugo vacilou e Luan, praticamente um anão, desviou de cabeça, por cima do travessão. Aos 3 Moisés respondeu com uma bomba que Vitor espalmou. O chute do camisa 28, no entanto, não serviu para equilibrar as ações.

Apoiado pela torcida, o Atlético seguiu mais perto de abrir o placar. Aos 6 minutos, após cobrança de escanteio, Gabriel escorou nas mãos de Jailson. Aos 11 a bola entrou, mas o gol foi corretamente anulado pela assistente porque Robinho estava impedido após chute de Fred que desviou em Vitor Hugo.

Depois de suportar a pressão inicial e acalmar os ânimos (Gabriel Jesus e Leandro Donizeti tiveram uma discussão ríspida, sendo advertidos com cartão), o Verdão enfim conseguiu ficar mais tempo com a bola a partir dos 20 minutos. Aos 21 Jesus reclamou pênalti de Erazo, que não aconteceu. Aos 26 Dudu deu lindo passe para Jesus, que ganhou na velocidade de seu marcador e finalizou; a bola desviou e tirou Victor da jogada: 1 a 0.

A frente no placar, o time do técnico Cuca passou a mostrar mais tranquilidade para trocar passes, mas não deixou de sofrer alguns sustos. Aos 30 minutos Luan finalizou com perigo, para fora. Aos 37 Dudu arriscou da entrada da área, por cima.

Nos minutos finais da etapa inicial cada equipe desperdiçou uma boa chance, o Atlético-MG aos 44 após espanada bizarra de Vitor Hugo dentro da área; Fred finalizou e parou em ótima defesa de Jailson. Aos 46 foi a vez do Palmeiras; Róger Guedes tabelou com Gabriel Jesus e só não fez o gol porque o camisa 33 devolveu de calcanhar, recuando a bola para Victor.

O segundo tempo começou com o Verdão quase marcando um gol relâmpago; aos 20 segundos Erazo saiu errado, Tchê Tchê roubou a bola e bateu rente à trave esquerda de Victor. O Atlético só foi responder aos 9 minutos num chute torto de Luan. Aos 12 Moisés repetiu o adversário e bateu da entrada da área, por cima.

Perdendo o jogo, o Atlético tirou um meia (Maicosuel) e mandou a campo um atacante (Lucas Pratto). O argentino não precisou de um minuto para fazer o gol de empate. Aos 13 Robinho cruzou sem ser incomodado e Pratto desviou de primeira sem chance de defesa para Jailson: 1 a 1.

Logo após sofrer o gol Cuca promoveu a primeira alteração: Thiago Martins entrou no lugar de Thiago Santos, que já tinha um cartão amarelo. Aos 16 minutos o Palmeiras não voltou a ficar a frente no placar por pouco: Moisés bateu de primeira e exigiu de Victor uma ótima defesa. Os mandantes responderam aos 20, primeiro com Luan depois com Fred; os dois pararam em Jailson.

Cansado, Gabriel Jesus pediu substituição aos 24 minutos. Alecsandro entrou em seu lugar. Aos 27 Pratto tabelou com Fred e chegou para finalizar desequilibrado, mandando para fora. Aos 30 minutos um lance polêmico: Alecsandro tentou dominar a bola dentro da área e ela acabou batendo duas vezes nas mãos de Gabriel, mas o árbitro não assinalou o pênalti.

O jogo era equilibrado. Aos 33 minutos Egídio cobrou falta, a bola desviou e saiu em escanteio, que não resultou em nada. Logo na sequência Dudu também pediu substituição alegando cansaço. Erik foi para a partida. Aos 41 minutos, mesmo mancando em campo em função de cãibras, Moisés deu belo passe para Jean bater de primeira, mas novamente Victor evitou o gol.

Com os dois times se arrastando em campo, o jogo caminhou para seu final. No último lance, aos 47 minutos, o Verdão perdeu a chance de voltar de Belo Horizonte com os três pontos na bagagem. Egídio cobrou falta na cabeça de Vitor Hugo, que livre de marcação e em posição legal, desviou por cima do travessão. E foi só.

Com o empate o Palmeiras vai a 71 e vê a diferença para o segundo colocado cair para 4 pontos. Sem depender de nenhum adversário, o time precisa de mais 6 pontos para garantir o título do Brasileirão. Faltam 3 rodadas.

Domingo (20/11) o Verdão recebe o Botafogo no Allianz Parque. A partida está marcada para 17h.

Notícias relacionadas:

- Notas de Atlético-MG 1 x 1 Palmeiras
- Ficha técnica de Atlético-MG 1 x 1 Palmeiras
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!