Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 11/12/2016 - 18:52h.
Verdão se despede do Brasileirão com outra vitória: 2 a 1 no Vitória
Com gols de Gabriel e Alecsandro, mistão do Palmeiras vence de virada em Salvador e termina o campeonato com 80 pontos. Partida marcou a despedida de Cuca.

Mesmo sem sete titulares (ou oito contando Fernando Prass), o Verdão iniciou o jogo melhor que o Vitória. Logo aos 3 minutos Tchê Tchê apareceu bem no ataque mas antes que pudesse finalizar foi travado por um zagueiro. Aos 7 Leandro Pereira fez linda jogada individual pela esquerda, avançou e bateu rasteiro, na trave.

Ameaçados de rebaixamento, os mandantes só foram incomodar a meta de Jailson aos 12 minutos; o árbitro inventou uma falta de Fabrício perto da área, Marinho cobrou, Alecsandro não conseguiu interceptar e a bola acabou entrando: 1 a 0.

A injustiça no placar, no entanto, durou apenas 3 minutos. Aos 15 Fabrício inverteu o jogo, a defesa do Vitória se atrapalhou e a bola sobrou para Gabriel fuzilar: 1 a 1. Após o empate do Palmeiras, talvez em função do forte calor, as duas equipes diminuíram o ritmo.

Aos 29 minutos o zagueiro Yerry Mina voltou a sentir uma lesão muscular na coxa direita e foi substituído por Matheus Sales; Thiago Santos acabou deslocado para a defesa. Aos 38 minutos o Verdão chegou ao gol da virada após jogada ensaiada em cobrança de escanteio, mas o árbitro anulou alegando que Alecsandro concluiu com a mão, mas na verdade foi com o peito.

Prejudicado pelo apito, o time do técnico Cuca não se desestabilizou. Aos 45 minutos Fabrício, o melhor Palmeirense em campo, fez linda jogada individual e arriscou a finalização; a bola foi bloqueada pela defesa e sobrou para Alecsandro bater de primeira: 2 a 1. Pouco depois o árbitro encerrou a etapa inicial.

No segundo tempo o panorama do jogo pouco mudou, ou seja, quando acelerava o ritmo o Verdão levava mais perigo. Aos 6 minutos Cleiton Xavier cobrou escanteio, Tchê Tchê deixou passar para Fabrício que errou o chute, mas a bola sobrou para Leandro Pereira, que da marca do pênalti isolou.

A resposta do Vitória veio aos 9 minutos com Zé Love, que escorou de cabeça para fora um cruzamento vindo da direita. Só depois de muito tempo, aos 21, a equipe baiana voltou a levar perigo à meta de Jailson; Marinho cobrou falta e carimbou o travessão.

Aos 24 minutos Cuca promoveu a segunda alteração: Cleiton Xavier cedeu lugar ao estreante Rodrigo, que não havia jogado um minuto sequer na temporada. Querendo mostrar serviço, o volante participou logo de cara de um contra-ataque, dando bom passe para Tchê Tchê finalizar sem perigo, por cima.

Apesar da derrota o Vitória estava se livrando do rebaixamento, por isso não acelerou muito o ritmo, deixando o jogo com cara de amistoso. Aos 28 minutos Diego Renan experimentou um chute de muito longe, mas errou o alvo. Aos 38 Serginho chutou cruzado, sem perigo.

Antes de acabar a partida, aos 41 minutos Cuca, que também se despediu do Palmeiras, promoveu a última alteração: Artur, do sub-20, substituiu Alecsandro. E assim foi o capítulo final da incontestável campanha alviverde no Campeonato Brasileiro; o time termina com 80 pontos, 9 a frente do segundo colocado, o Santos, que de novo amarga um vice-campeonato nacional para o Verdão.

Agora o restante do elenco campeão brasileiro também entrará em férias. O primeiro jogo oficial de 2017 está marcado para 04 ou 05/02 contra o Botafogo, no Allianz Parque, pela rodada inaugural do Paulistão.

Notícias relacionadas:

- Notas de Vitória 1 x 2 Palmeiras
- Ficha técnica de Vitória 1 x 2 Palmeiras
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
 
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!

 

 
 
 
 
ENQUETE
 
Untitled Document
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!