Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 17/01/2018 - 15:37h.
Roger refuta rótulo de primeira força e não adianta time da estreia
Treinador diz que o favoritismo tem de ser comprovado em campo, e mantém escalação para primeiro jogo do Paulistão em mistério.

Antes de comandar o treino da tarde de quarta-feira, véspera da partida de estreia do Verdão no Paulistão, o técnico Roger Machado concedeu entrevista coletiva para falar da sua expectativa para o torneio e para o duelo contra o Santo André.

Mesmo com um elenco qualificado em mãos, o treinador não concordou com seu colega de profissão Fábio Carile, do Corinthians, que apontou o Palmeiras como "primeira força" do estadual; para ele, favoritismo tem de ser provado em campo.

"Primeiro lugar não se ganha o campeonato antes dele iniciar, todos partem das mesmas condições. Fizemos uma equipe forte sim, uma equipe que foi montada para entrar forte nas competições que vamos disputar durante o ano. Temos que justificar durante as competições o que estamos construindo desde o primeiro dia" iniciou.

"Não se ganha antecipadamente. Não devemos fugir da responsabilidade pela qualidade do grupo que montamos, são coisas diferentes, mas vamos brigar com equipes que também estão capacitadas. De véspera nada se ganha" completou o treinador, querendo evitar uma pressão desnecessária.

Em seguida, Roger falou sobre a montagem do time para o primeiro jogo oficial da temporada; apesar de já ter definido os 11, ele preferiu não adiantar quem será titular, começando pelo gol, onde há uma disputa entre Fernando Prass, Weverton e Jailson, além de Daniel Fuzato, promovido neste ano ao elenco profissional.

"Tenho 4 goleiros de altíssimo nível, obviamente que minha escolha está feita e amanhã será tornado público. Minha decisão foi pautada por critérios técnicos e táticos. Se temos 4 jogadores de altíssimo nível, tenho certeza que a torcida vai ficar satisfeita com o escolhido" justificou.

Decidido a não revelar quem joga, o técnico falou sobre Borja, deixando em aberto a possibilidade de revezar o centroavante titulargl: "O que vejo do Borja hoje é que ele tem que participar mais das ações ofensivas e dos momentos defensivos. A favor do Borja é que ele busca muitas diagonais curtas, e isso vai beneficiar muito nosso sistema de jogo. Disse a ele que o ano passado foi de adaptação, e nesse ano, já adaptado, que ele possa fazer um grande ano. Mas nada impede que possa optar por um jogador mais móvel em determinado momento".

Sem adiantar a escalação, Roger disse o que espera da primeira partida de 2018 após 15 dias de preparação: "O que espero é que a gente tenha uma equipe equilibrada entre atacar bem e defender bem. Espero que a gente já comece a mostrar coisas importantes que trabalhamos nessa pré-temporada curta. Uma equipe competitiva que procura o gol, mas que defende bem também" encerrou.

Palmeiras x Santo André está marcado para 19h30 de amanhã, no Allianz Parque. Na segunda rodada o Verdão enfrentará o Botafogo, domingo, fora de casa.
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!