Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 12/02/2018 - 21:12h.
Análise do Vitão: Cada vez mais imponente

Saudações Palestrinas!

O que nos move? O que nos motiva? O que nos dá prazer? Apesar da possível subjetividade nas respostas de cada um, algo que todos nós queremos é trabalhar em um ambiente saudável, organizado e próspero.

Depois que alguns programas esportivos destilaram o seu veneno, vi que muitos torcedores Palestrinos repetiram em uníssono que o Lucas Lima não corria no Santos um décimo do que tem corrido no Palmeiras.

Eu costumo dizer que as mudanças em nossas vidas podem acontecer no instante seguinte, não sendo necessário esperar um momento específico para isso, muito embora que ao final de cada ciclo seja mais evidente analisarmos um ponto de partida para uma nova história.

Como já disse anteriormente, não era a favor da contratação do Lucas Lima, porém, mesmo com poucos jogos na temporada, eu tenho certeza de que não existem torcedores Palmeirenses que duvidem da capacidade futebolística do atleta.

Obviamente que ao chegar em um novo clube, com um elenco farto e uma torcida que canta, vibra e cobra demais, ele teria que mostrar logo o seu trabalho, o que até então tem feito muito bem.

O lance no jogo contra o Mirassol foi emblemático, salvar uma bola em cima da linha e logo em seguida dar uma assistência para o gol do Borja demonstra qual é o espírito do jogador.

Um dos grandes responsáveis pelo sucesso do Palmeiras é outro nome que desceu quadrado para a maioria de nós: Roger Machado.

Estou realmente surpreso e não querendo ser “profeta do acontecido”, não tenho medo de afirmar que felizmente o Palmeiras fez a escolha certa. Pode ser que nada dê certo até o final do ano, mas a postura do técnico, inteligência e a forma de trabalho encaixaram perfeitamente com a filosofia necessária para “domar” um elenco tão homogêneo.

Não fizemos uma partida excelente contra o Mirassol, porém, o time do Palmeiras dá a impressão que pode resolver o jogo em pouco tempo, é um time tranquilo, consistente e com uma defesa cada vez mais ajustada.

O gol do Borja parece ter selado uma reação individual do jogador, que a cada partida parece estar se mostrando uma peça muito útil, volta para marcar e apesar de notória falta de habilidade com a bola, está finalizando cada vez melhor.

Jailson, mais um dos grandes personagens deste time, parece ter o “corpo fechado”, é uma história sem precedentes no futebol mundial, e digo além, se existir justiça no futebol: por que não ele ser um dos goleiros da seleção?

Felipe Melo continua jogando o fino da bola, se Pelé calado é um poeta como diria o Romário, o nosso volante calado é um craque, joga fácil, tem uma visão de jogo privilegiada.

Borja ainda sofreu o pênalti que foi batido pelo Dudu para definir o placar, apesar de apagado na partida o Roger Machado fez questão de dizer o quanto nosso capitão é importante para o time.

Quando pensamos que o time está no caminho certo, temos que lembrar que: Edu Dracena, Moisés, Diogo Barbosa e Scarpa brigarão pela titularidade...

É difícil não se empolgar, obviamente temos que manter os pés no chão, mas por que não aproveitarmos o bom momento e curtirmos nosso Verdão, cada vez melhor, cada vez mais imponente!

Um grande abraço!

Vitão
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!