Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 23/03/2018 - 12:57h.
Análise do Vitão: Não importa o que diga...

Saudações Palestrinas!

Em determinado momento de nossas vidas, todos passamos por situações onde nos questionamos sobre nossa capacidade, principalmente depois de algum fato que nos coloca para baixo.

A derrota para o Corinthians em Itaquera botou um ponto de interrogação na cabeça de cada um de nós e tenho certeza de que no time também.

A derrota para o nosso maior rival poderia ter sido catastrófica, mas o Palmeiras agiu de forma surpreendente e tirou uma lição importante: se não demonstrarmos vontade, não vamos chegar a lugar nenhum!

São muitos fatores que devem ser considerados para a formação de um time campeão, e no caso do Palmeiras não podemos descartar todos os fatores dentro e fora de campo.

Todas as siglas sórdidas já tentaram e ainda tentarão nos prejudicar: TRT, TJD, STDJ, CBF, RGT, etc... E a única forma que temos para superar isso é jogar muita bola.

Ainda que Alexandre Mattos e André Sica sejam pessoas de extrema competência, a figura do presidente do clube é muito importante para demonstrar força, no entanto, o presidente do Íbis é mais respeitado nos bastidores do que o Mauricio Galiotte.

Sobre o jogo de quarta, massacramos o Novorizontino, as jogadas plásticas trouxeram uma sensação nostálgica que nos transportou para a década de 90.

Todos foram muito bem em campo, e a vontade que o time demonstrou foi contagiante! Vimos uma intensidade que andava desaparecida desde o título Brasileiro de 2016.

Foi um espetáculo! Várias jogadas de efeito, toque de bola, belos lançamentos e principalmente: Objetividade!

É impressionante como o Lucas Lima faz a diferença em campo, trata a bola como poucos e assim, vai conquistando o restante da torcida que ainda tem o pé atrás com ele.

O Edu Dracena finalmente veio a campo; obviamente vai demorar um pouco mais para entrar no ritmo ideal, mas inegavelmente é um zagueiro melhor que o Thiago Martins: que é esforçado, mas no Palmeiras atual não pode ser mais do que um bom reserva.

Nem o Pênalti que o Felipe Melo perdeu foi motivo para rebuscar nosso sorriso, ele merecia o gol pelo que vem jogando: é um dos nossos principais jogadores.

Com um placar agregado de 8x0, deixamos claro para todos quem é o favorito e digo mais: os jogadores precisam assumir essa condição de favoritismo, esse papinho de que estamos “comendo pelas beiradas” não cola mais não.

Contrariando a expectativa da maior parte da torcida o nosso adversário será o Santos, e tudo se desenha para uma final contra o Corinthians, e como diria um mala televisivo: Haja Coração!

Não importa o que diga essa imprensa... Hoje o Palmeiras causa inveja e temor em todos os adversários, temos que nos posicionar de forma veemente, e provar a cada dia que somos o alviverde imponente!

Um grande abraço!

Vitão
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!