Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 06/05/2018 - 17:45h.
Verdão se impõe, vence o Atlético-PR fora de casa e já é vice-líder do Brasileirão
Bruno Henrique, Marcos Rocha e Willian fizeram os gols da vitória por 3 a 1 na Arena da Baixada.

Com duas surpresas no time titular, Moisés e Willian (Lucas Lima e Borja ficaram como opção), o Verdão iniciou o jogo tomando um susto: logo aos 2 minutos Jailson errou uma reposição, a bola caiu nos pés de Guilherme, mas Antônio Carlos estava atento e deu o combate, afastando o perigo.

Um dos motivos de Moisés ter começado, além da excelente atuação que teve contra o Alianza Lima, foi a maior mobilidade do camisa 10 para ajudar a pressionar a saída de bola do Atlético-PR, mas aos 5 minutos ele sentiu uma lesão na coxa esquerda e foi substituído por Lucas Lima.

Aos 12 minutos Marcos Rocha cruzou, Antônio Carlos escorou e Felipe Melo, de frente para o gol, cabeceou para fora. Aos 18 Dudu tentou surpreender o goleiro do meio-campo mas errou o alvo por muito. Depois disso só deu Atlético. Aos 20 minutos Rossetto chutou de longe e exigiu de Jailson uma grande defesa. Após a cobrança de escanteio executada pelo próprio Rossetto, Thiago Heleno desviou no primeiro pau e Lucho González não alcançou para concluir no segundo.

Com mais posse de bola, a equipe mandante era mais perigosa. Aos 23 minutos Carleto cruzou, Jailson interceptou mas a bola caiu nos pés de Rossetto, que isolou. Aos 27 Bruno Henrique cometeu falta perto da área e Carleto cobrou rasteiro e forte; Jailson espalmou. Aos 30 novamente Carleto apareceu bem pela esquerda, desta vez cruzando na cabeça de Pablo, que desviou por cima do travessão.

Após a pressão do Atlético-PR, o Palmeiras conseguiu equilibrar a partida nos 10 minutos finais. Aos 36 Keno tocou para Felipe Melo chutar rente à trave esquerda de Santos, que confiou no golpe de vista. Aos 43 Lucas Lima abriu o jogo para Dudu pela esquerda, o camisa 7 cruzou para Keno, que dentro da área dominou e percebeu a infiltração de Bruno Henrique; o atacante fez a assistência e o volante soltou a bomba. Golaço: 1 a 0.

Para tentar o empate ainda no primeiro tempo, o Atlético-PR se lançou ao ataque. Aos 46 minutos, num contra-ataque iniciado com Lucas Lima, Keno pedalou pra cima de Thiago Heleno e ajeitou para o camisa 20 bater de rosca, para fora. Se o efeito fosse ao contrário, a bola entrava.

Na etapa final, sem alterações, o Palmeiras optou por jogar nos contra-ataques. Aos 4 minutos Willian perdeu boa chance ao errar um passe relativamente fácil para Dudu. Dez minutos depois Keno arrancou em velocidade pela direita e tocou para Willian, que foi travado por Pavez antes da finalização.

Ainda no minuto 14, mas em outro lance, o Verdão ampliou o placar. Dudu recebeu de Marcos Rocha e já de dentro de dentro da área soltou a bomba; o goleiro deu rebote nos pés de Marcos Rocha, que acompanhou a jogada: 2 a 0.

Atrás no marcador, o Atlético-PR quase descontou pouco depois, aos 16 minutos: Carleto cruzou na cabeça de Pablo, que parou em excelente defesa de Jailson. Aos 19, em outro contra-ataque alviverde, Keno tocou para Willian bater colocado, fraco, fácil para Santos. Dudu, livre pela esquerda, ficou reclamando o passe.

Controlando bem o jogo, o Palmeiras voltou a levar perigo aos 31 minutos, quando Dudu deu bom passe para Lucas Lima; o camisa 10 passou pelo goleiro mas quando finalizaria de canhota, o pé direito deu um toque na bola, fazendo ele furar. Aos 32, com Keno cansado, Roger promoveu a primeira alteração: Hyoran foi para a partida.

Aos 34 minutos Marcos Rocha tocou de cabeça para Willian, que finalizou mal. Aos 37 a segunda mexida: Felipe Melo - com um cartão (que o tira do jogo da próxima rodada contra o Corinthians) deu lugar a Thiago Santos. Aos 39 o Verdão fechou o caixão dos mandantes: Hyoran colocou Willian para correr em outro contra-ataque e o camisa 29 mostrou categoria ao finalizar sem chance de defesa para o goleiro: 3 a 0.

Com a torcida Palmeirense gritando "olé", o Palmeiras deu uma pequena relaxada, o suficiente para Pablo descontar após passe de Jonathan: 3 a 1. Para não correr riscos, logo o time voltou a controlar a partida, desperdiçando outras boas chances de gol; aos 46 minutos com Hyoran - Santos defendeu o chute do meia, e aos 48 com Marcos Rocha, que recebeu de Lucas Lima e cruzou, mas nem Hyoran nem Dudu aproveitaram.

Com mais uma vitória fora de casa, desta vez pelo Brasileirão, o Verdão vai a 8 pontos e termina a rodada na vice-liderança.

Quarta-feira (09/05) o Verdão estreia na Copa do Brasil e já no mata-mata, contra o América-MG. O jogo será realizado na Arena Independência, às 19h30.

Notícias relacionadas:

- Notas de Atlético-PR 1 x 3 Palmeiras
- Ficha técnica de Atlético-PR 1 x 3 Palmeiras

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!