Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 01/06/2018 - 15:25h.
Análise do Vitão: Morno

Algumas profissões exigem muito mais do que simplesmente ser um bom profissional: é necessário ter vários outros atributos para que se alcance o sucesso. No entanto, no Palmeiras é necessário ter muito mais coragem do que em outros lugares.

Não, o Roger não é o único problema do Palmeiras, mas neste momento é o mais fácil de ser resolvido. Ele está preso às suas convicções e talvez tenha chegado ao fim do poço no que se refere a alternativas para sair da mesmice; é um técnico “morno”, tem muitas teorias, mas na prática não tem segurança para executa-las.

No jogo contra o Cruzeiro tivemos uma atuação lamentável, aliás, nem cabe comentar sobre a partida, mas novamente ele escalou o Lucas Lima isolado no meio campo: dependendo de passes do Thiago Santos e do Bruno Henrique.

Estamos sacrificando bons jogadores, aconteceu com o Borja e está acontecendo com o Lucas Lima, sou franco em dizer que pessoalmente não gosto dele, mas é óbvio que não podemos esperar um desempenho estrondoso da forma que o time está armado.

O bom técnico não é aquele que assume a forma de professor pardal e sim aquele que consegue extrair o melhor dos seus comandados.

Contra o Cruzeiro, fora de casa, por que não colocar dois meias? Jogar no 4-4-2? Tirar a responsabilidade do Lucas Lima de ser o único armador do time.

Eu tenho muito respeito pelo Dudu, mas isso não faz com que eu tape o sol com a peneira, é visível que ele evita ao máximo passar a bola para o Lucas Lima, existe uma rivalidade latente entre os dois que precisa ser resolvida!

Ninguém foi bem contra o Cruzeiro, mas o Dudu não foi pior que o William ou o Keno, que jogou após ter uma virose: quando o Roger tirou o Dudu para colocar o Hyoran, ficou claro que a substituição foi feita para demonstrar uma força que ele já perdeu a muito tempo.

O Jailson parece nervoso, não estou dizendo pelas duas últimas partidas nas quais ele falhou, mas já faz algumas rodadas que ele está disperso, principalmente nas bolas recuadas.

Está tudo errado, temos um jogo importante no sábado e sinceramente o quadro que está se desenhando é tenebroso: A queda do Roger depois de um resultado ruim contra o rival mais desprezível que podemos ter.

No Brasil vejo apenas três nomes para o Palmeiras: Abel Braga, Mano Menezes e Renato Gaúcho, sendo que na minha opinião o Abel seria o melhor deles.

Deixando claro que o treinador não é o principal problema do Palmeiras, hoje o Alexandre Mattos decepciona tanto por contratações pouco efetivas quanto por sua ausência no vestiário.

E o Galiotte? Bem, deixa para lá... Ele teve um momentâneo lapso de reação ao peitar a Federação Paulista, depois disso, tirou férias e se ausentou como é de costume.

Mudanças são necessárias, caso contrário teremos outro ano “morno”, assim como a personalidade do Roger Machado.

Um grande abraço!

Vitão
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!