Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 29/08/2018 - 14:27h.
Sem sofrer gols há 9 jogos, Weverton divide méritos com o restante do time
Goleiro também garantiu estar bem fisicamente para o jogo decisivo de amanhã contra o Cerro Porteño, pela Libertadores.

Escolhido para conceder entrevista coletiva antes do treino de quarta-feira, véspera do confronto contra o Cerro Porteño pela Libertadores, o goleiro Weverton falou sobre a ótima fase do sistema defensivo, que está sem ser vazado há 9 partidas.

Para o camisa 21, o mérito do Verdão não sofrer gols não é apenas dele, e sim de toda equipe. O último gol sofrido foi em 25 de julho contra o Fluminense. Na ocasião a derrota por 1 a 0 no Maracanã causou a demissão do técnico Roger Machado.

"Não tem segredo, é muito trabalho. E tenho que deixar uma coisa clara: o goleiro não joga sozinho, precisa muito de todo mundo. Temos de dar os parabéns para todo time. O Felipão tem rodado bastante o time e o comportamento tem sido o mesmo. É muito trabalho, humildade e concentração. Que a gente consiga manter isso porque o primeiro objetivo para ganhar um jogo é não tomar gol" disse o goleiro.

Se conseguir ficar mais 3 jogos sem ser vazado, Weverton vai igualar a maior série da história do clube, que pertence a Zetti (12 jogos, em 1987): "Lógico que quando comecei a jogar não imaginava ficar tanto tempo sem tomar gol. O momento é muito especial. Acompanhei um pouco do que o Zetti falou. Admiro muito ele pelo goleiro que foi. Ele teve muito mérito de ter ficado tanto tempo sem sofrer gol. Lógico que ficarei muito feliz se essa marca vier".

Na sequência o goleiro falou sobre sua condição física; ele garante que estará em condições de ir a campo amanhã contra o Cerro: "Contra o Inter realmente, na hora de chutar a bola, estava sentindo um pouco de incômodo (na virilha). Pedi atendimento algumas vezes para tentar tirar a dor. A gente sabe que jogador de futebol, ainda mais no Brasil com esse tanto de jogo, não consegue se recuperar. Então é normal. Estou pronto se o Felipão quiser me utilizar. Estou fazendo a manutenção necessária para tirar a dor, mas não é nada que preocupe e que me atrapalhe em campo".

Esbanjando vontade, Weverton ainda finalizou: "Estou entrando agora. Tomo remédio, tomo o que for preciso para estar em campo. A sequência para mim é muito boa. O fato da sequência, do momento, de querer ajudar... Difícil um jogador não ter uma dorzinha, mas é algo que não atrapalha no meu rendimento. O desejo de estar em campo supera uma dorzinha".

Palmeiras x Cerro Porteño vão se enfrentar às 21h45 desta quinta-feira, no Allianz Parque. Como venceu por 2 a 0 no Paraguai, o Verdão pode até perder por 1 gol de diferença que mesmo assim se classifica às quartas de final da Libertadores.
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!