Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 07/10/2018 - 00:42h.
Não expulsão de Sidão e amarelo a Felipe Melo revoltam Mattos, que promete novo protesto
Apesar da vitória sobre o São Paulo, o Palmeiras deixou o Morumbi indignado com outra arbitragem, desta vez do goiano Wilton Pereira Sampaio, que deixou de expulsar o goleiro Sidão aos 9 minutos do primeiro tempo após fazer uma defesa fora da área.

Recordando o erro do último domingo, quando o Cruzeiro teve um pênalti inexistente assinalado a seu favor, o diretor de futebol Alexandre Mattos classificou as falhas seguidas da arbitragem como bisonhas.

"A gente entende erros, o que não dá para entender é o segundo jogo seguido com erro bisonho. O lance do Pacaembu foi bisonho. A penalidade dificultou bastante. Hoje (sábado), de novo. Com dez minutos, se o goleiro fosse expulso e deveria ter sido, o jogo teria um outro emocional" argumentou o executivo.

"O Palmeiras está preocupado porque são coisas que vem acontecendo. Nós fazemos o nosso trabalho, que é reclamar lá internamente, e nos obriga a vir aqui publicamente dizer isso também. Não queremos ser ajudados, entendemos erros pontuais por centímetros, dúvidas, mas não assim" completou Mattos.

O diretor também se queixou do cartão amarelo aplicado ao volante Felipe Melo, que vai tirá-lo do confronto contra o Grêmio. Para Mattos, o camisa 30 é vítima de perseguição.

"O comportamento deles (árbitros) com o Felipe Melo é complicado. Parece que o cara está marcado. Isso não está na regra. Poderia citar aqui os lances do Jucilei, do Anderson Martins, mas não teve cartão. Vamos de novo à CBF fazer reclamação" encerrou.
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!