Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 14/10/2018 - 17:52h.
Deyverson marca dois, Verdão vence o Grêmio e mantém liderança isolada do Brasileirão
Com Dudu inspirado e centroavante decisivo, Palmeiras faz 2 a 0 na equipe gaúcha e vai a 59 pontos.

Reforçado pelo zagueiro Gustavo Gómez, liberado pela seleção paraguaia, o Verdão iniciou o jogo tomando a iniciativa. Aos 2 minutos Willian tocou para Dudu finalizar, mas Marcelo Oliveira desviou e a bola saiu em escanteio, que não resultou em nada. Aos 7, porém, o desvio do zagueiro teve outro destino: Dudu cruzou para Deyverson, o atacante resvalou na bola que enganou o goleiro em função do toque do companheiro: 1 a 0. O gol foi dado para o Palmeirense.

A frente no placar, o Palmeiras seguiu atacando o Grêmio. Aos 13 minutos Diogo Barbosa cobrou falta e exigiu de Paulo Victor uma boa defesa. Na cobrança do escanteio Pedro Geromel agarrou Luan dentro da área, mas o árbitro, de maneira inexplicável, marcou falta do camisa 13, e não pênalti.

Ainda com os Palmeirenses sem entender a inversão, o Grêmio puxou um contra-ataque que terminou com Cícero colocando a bola na cabeça de Pepê, entre a dupla de zaga alviverde, escorar por cima do travessão de Fernando Prass, substituto de Weverton, poupado.

A partir da chance criada, o time visitante passou a ter mais posse de bola, trocando passes na região do meio-campo, mas sem conseguir infiltrar. Esperando uma brecha para contra-atacar, o Verdão quase ampliou aos 26 minutos: Dudu tabelou com Deyverson e deu o gol de presente para Bruno Henrique, mas Cícero salvou sobre a linha.

Depois do quase gol do Palmeiras, o Grêmio passou a se resguardar mais, enquanto que a equipe de Felipão manteve a postura de só atacar na boa. Diante desse panorama nada de relevante aconteceu até o encerramento do primeiro tempo.

Na etapa final o panorama da partida pouco mudou, ou seja, o Grêmio seguiu com mais posse de bola mas sem conseguir sem nenhuma criatividade, enquanto que o Verdão esperava o momento certo para dar o bote. A ruindade da arbitragem também continuou, já que aos 8 minutos outro pênalti a favor do Palmeiras foi ignorado, desta vez de Bressan em Dudu.

Aos 12 minutos o juiz mandou voltar uma falta que Willian cobrou rapidamente, deixando Dudu na cara do goleiro. Aos 21 minutos o Grêmio enfim levou perigo: mesmo com pouco ângulo, Luan cobrou falta direto e viu a bola tirar tinta do travessão. Aos 25 Dudu recebeu ótimo passe de Willian mas chutou em cima de Paulo Victor.

Melhor jogador em campo, Dudu foi substituído por Hyoran aos 31 minutos. Aos 33 um bicão de Luan no campo de defesa acabou virando lançamento para Deyverson, que ganhou de Bressan pelo alto e depois ainda fintou o zagueiro para bater na saída do goleiro: 2 a 0.

O segundo gol alviverde resolveu a partida. Os minutos restantes do segundo tempo foram protocolares. Com a vitória assegurada, Scolari ainda promoveu as duas alterações a que tinha direito. Primeiro tirou Thiago Santos para colocar Jean, e depois, nos acréscimos, sacou Willian para a entrada de Lucas Lima.

O resultado positivo leva o Palmeiras 59 pontos, mantendo a liderança isolada do Brasileirão com os mesmos 3 pontos de vantagem para o vice-líder, o Internacional, que derrotou o São Paulo em Porto Alegre.

No próximo domingo (21/10), às 16h, o Verdão fará outro jogo como mandante, novamente no Pacaembu, desta vez contra o Ceará.

Notícias relacionadas:

- Notas de Palmeiras 2 x 0 Grêmio
- Ficha técnica de Palmeiras 2 x 0 Grêmio

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!