Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 04/04/2019 - 09:21h.
Análise do Vitão: Ou Ferve ou Gela

Uma famosa frase bíblica diz que “Deus vomitará os mornos”. É com esta frase que começo a coluna de hoje, ainda consternado pelo futebol apático praticado pelo Palmeiras na Argentina.

Não quero assumir a posição enfadonha de profeta do acontecido: a opinião aqui postada se refere especificamente ao jogo contra o São Lorenzo.

Sou fã do Felipão, mas não tem como negar que algumas de suas escolhas são extremamente contestáveis, a insistência histórica em opções que só ele enxerga é ultrajante, talvez por isso que ele seja um multi campeão e eu apenas mais um Palmeirense corneteiro.

Do primeiro tempo, apenas o lindo lance do Moisés merece ser lembrado; foi um grande sacrilégio a bola não ter entrado e é por essas e por outras que vemos que Deus não influencia no futebol, caso contrário essa bola deveria ter entrado.

Jogamos o feijão com arroz, não conseguindo encaixar um bom contra-ataque muito por conta da inoperância do Felipe Pires.

O gol do São Lorenzo no início do segundo tempo fez com que o adversário, reconhecendo sua limitação recuasse e não proporcionasse mais chances ao Palmeiras.

Sou um crítico confesso do Antônio Carlos, não adianta, ele pode fazer algumas boas partidas e enganar parte da torcida, mas infelizmente é um para-raios, sempre falha em momentos cruciais: eu não suporto vê-lo com a camisa do verdão.

O Felipão errou ao não colocar o Arthur Cabral no lugar do Felipe Pires e com isso ter uma opção a mais na bola aérea, ao colocar o Rafael Veiga no meio campo simplesmente anulou toda as nossas possibilidades de tentar pelo menos um empate, que em termos de classificação seria excelente.

O Lucas Lima passou muito tempo na praia, por isso se espelha em um caranguejo, só passa a bola de lado, não erra um passe, simplesmente pelo fato de que não toca uma única bola para frente.

O Mattos tem que entender que errou na estratégia para esta temporada, preferiu trazer dois atacantes rápidos que não valem meio Keno, e sinceramente não entendo essa história de contratar dois ao invés de um que com certeza resolveria a nossa situação.

Não acho que a classificação esteja comprometida de forma alguma, e nem acho que a derrota de ontem é motivo de alarde, o que me preocupa é postura apática do Palmeiras: o que já aconteceu em outros jogos dessa temporada.

A vontade supera muita coisa, inclusive um elenco recheado de jogadores de salto alto, neste momento não temos opção: Ou vamos ferver ou então gelar de vez.

O jogo contra o São Paulo no domingo é uma daquelas partidas que se ganharmos não fizemos nada além de nossa obrigação, mas se alguma tragédia acontecer, a catástrofe vai ser muito maior do que podemos imaginar.

Ontem a imprensa começou a especular o nome do Luan do Grêmio, acho uma excelente opção! Luan, Keno e um zagueiro de primeira linha seriam as correções necessárias para este excepcional elenco.

Temos a faca e o queijo nas mãos, mas parece que não estamos com fome, e a fome neste caso vale mais do que uma expectativa de banquete.

Um grande abraço!

Vitão
 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!