Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 17/03/2010 - 23:49h.
Verdão vence mas não evita a partida de volta

Eduardo Luiz  eduardoluiz@palmeirastododia.com

Mesmo com algumas mudanças em relação ao time que derrotou o Santos no domingo, o Palmeiras iniciou o jogo pressionando o Paysandu.

Logo no primeiro minuto o goleiro Alexadre Fávaro desviou com o joelho uma bola tocada por Danilo após cruzamento de Eduardo. Aos 7 Ewerthon invadiu a área mas finalizou fraco. Só dava Palmeiras e aos 12 minutos o gol acabou saindo. Ewerthon fez bela assistência para Lincoln, uma das novidades de Zago; o camisa 99 dribou o goleiro e abriu o marcador: 1 a 0.

O gol, ao contrário do previsto, não fez o Paysandu se abalar, pelo contrário. Os donos da casa partiram para o ataque e assustaram Deola em duas oportunidades, as duas com Fabrício, uma aos 14 e outra aos 23 minutos. Muito recuado, o time de Antônio Carlos acabou cedendo o empate ao Paysandu no minuto seguinte. Márcio Araújo perdeu a bola perto da área, Marquinhos viu Bruno Rangel desmarcado e tocou: o atacante girou o chutou no ângulo de Deola: 1 a 1.

Com o empate, o Paysandu passou a tocar melhor a bola, enquanto que o Palmeiras eperava para tentar a sorte nos contra-ataques. O jogo esfriou e seguiu assim até o apito final do juiz.

O segundo tempo recomeçou com o Verdão pressionando. Logo no primeiro minuto Armero cruzou, Lincoln cabeceou, o goleiro deu rebote, Ewerthon tentou mas novamente Alexandre defendeu. Na sequência porém o goleiro nada pôde fazer quando Eduardo cruzou, a bola desviou num zagueiro e sobrou para Ewerthon finalizar: 2 a 1.

A frente no placar, o time de Antônio Carlos voltou a dar espaços ao Paysandu, que ameaçou nova pressão. Bruno Rangel era o jogador que mais levava perigo a Deola, na melhor oportunidade, aos 26, o atacante foi bloqueado pelo goleiro Palmeirense praticamente debaixo do travessão.

Depois dos 30 minutos o Paysandu diminuiu o ritmo e viu o Verdão voltar a dominar a partida. Nos últimos 5 minutos o terceiro gol, que evitaria o jogo de volta, não saiu por pouco. Aos 40 Robert recebeu passe de Diego, chutou mas Alexandre fez ótima defesa. Aos 44 de novo Robert despediçou de cabeça a chance de dar folga ao Palmeiras no dia 31/03.

Para avançar às oitavas de final, o time de Antônio Carlos poderá até perder por um gol de diferença. Qualquer empate também será suficiente.

- TV PTD: veja os lances de Paysandu 1 x 2 Palmeiras clicando aqui

Às 17h de sábado (20/03) o Verdão recebe a Ponte Preta no Palestra Itália. Léo, suspenso, será o desfalque.

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!