Por Eduardo Luiz, da Redação PTD - 09/09/2012 - 20:12h.
Ganhou o time com o melhor goleiro
Por Eduardo Luiz  eduardoluiz@palmeirastododia.com

Ao contrário do previsto, o jogo começou equilibrado na Arena Indepenência, e com o Palmeiras criando as melhores chances de gol. Aos 3 minutos Luan cabeceou e Victor espalmou. Aos 12 Juninho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Obina desviar de carrinho.

O Atlétic-MG só foi reagir aos 13 minutos, após Bruno sair mal do gol; a bola sobrou para Bernard, que chutou em cima de Thiago Heleno. Aos 16 Guilherme finalizou e fez o goleiro Palmeirense se recuperar. Aos 20 minutos o Verdão balançou as redes com Obina, mas ele estava impedido e o lance foi corretamente anulado.


Após um período de muita briga e pouca objetividade, a partida só voltou ao ritmo do começo aos 33 minutos, quando Ronaldinho Gaúcho cobrou escanteio e Guilherme, sozinho, concluiu por cima. A resposta do time de Felipão veio na mesma moeda com Valdivia, 2 minutos depois.


A chance mais clara da etapa inicial surgiu aos 39, e foi para o Palmeiras: Tiago Real cruzou sob-medida para Luan cabecear buscando o contrapé de Victor, que foi buscar.


Brigando pela liderança, o Atlético voltou para o segundo tempo mais ofensivo. As mudanças promovidas por Cuca deram certo. Aos 2 minutos Leonardo Silva escorou cruzamento da direita, por cima. Aos 5 Ronaldinho Gaúcho achou Marcos Rocha dentro da área, mas o lateral errou o alvo.


Aos 6 minutos Bernard experimentou da entrada da área; a bola iria para fora, mas Bruno resolveu mandar para escanteio. Na cobrança de Ronaldinho Gaúcho, Leonardo Silva subiu mais que a zaga alviverde e abriu o placar: 1 a 0. Pouco tempo depois de sofrer o gol, Felipão trocou Artur por Márcio Araújo e Tiago Real por Maikon Leite. A equipe melhorou.


Com mais posse de bola, o Palmeiras passou a criar chances de gol. Aos 20 minutos Maikon bateu forte, por cima. Aos 21 Luan tentou cruzar, viu a bola ganhar efeito e cair perto do travessão. Aos 25 Correa tentou da entrada da área, mas errou o alvo.


A pressão prosseguiu aos 26 com Luan e aos 32 com Juninho, mas nas duas oportunidades Victor apareceu bem. Aos 35 minutos foi a vez de Correa tentar o empate de falta, mas mandou por cima. O Atlético esperava um contra-ataque, e conseguiu aos 38. Leonardo tocou para Bernard, que ganhou na corrida da zaga e apenas deslocou Bruno: 2 a 0.


Praticamente com o jogo perdido, o Verdão se lançou ao ataque, mas o que de melhor conseguiu foi uma ótima defesa de Victor, que salvou sobre a linha, e uma falta de Correa que explodiu na trave. Nos acréscimos Bruno voltou a vacilar e cedeu o terceiro gol para o Atlético, novamente com Bernard: 3 a 0 e fim de papo na Arena Independência.


Com o resultado, o time de Scolari permanece com 20 pontos e vê a distância para o décimo sexto colocado voltar para 5 pontos.


O Palmeiras volta a campo na quarta-feira (12/09) para enfrentar o Vasco. O jogo será em São Januário, às 22h. Thiago Heleno e João Vítor, suspensos, serão os desfalques.

Mais de Atlético-MG 3 x 0 Palmeiras:

- Ficha técnica
- Observações e notas
- TV PTD: os gols do jogo
- Classificação atualizada

 
Vai comentar? Leia e respeite nossas regras
 
Para comentar usando o plugin do Facebook clique aqui
 
 
comments powered by Disqus
 
Os comentários feitos neste espaço não representam a opinião do Palmeiras Todo Dia. A responsabilidade sobre eles são de seus respectivos autores.
Palmeiras Todo Dia | O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!
 
Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!