HISTÓRIA NÃO É BOATO! HISTÓRIA É FATO! ( 24/07/2017 )
 


A temporada nos pressiona e nós não impressionamos. Contudo, a "Sociedade" não pode ser subestimada.

As dificuldades se acumulam e o prognóstico dos "entendidos  no negócio" é desanimador. Contudo, a "Sociedade" não pode ser descartada do baralho.

Feito a Fênix, enfim, ressurgimos das cinzas. E não foi por misericórdia ou equívoco. A "Sociedade" deu sinais de seu encontro com o ritmo adequado.

O Técnico "Cuca" escalou um time alternativo e esse encaixou dentro das quatro linhas, intimidando aqueles que preconizaram uma derrota frente ao "Sport". Aliás, clube de uma torcida prepotente e inábil ao diferenciar um rival de um concorrente. Rivalidade é outro coisa.

Nossa virada nos números não começou em "Pernambuco". O "Rio de Janeiro" meio a contragosto assistiu o início de nossa escalada. Não me surpreenderei se "Minas" conhecer mais uma de nossas páginas históricas.

Neste final de semana, inclusive, a "Sociedade" comemorou mais uma primavera de uma das maiores conquistas desde "1914". O mundo se curvou à "Academia", no inverno de "1951".

Não foi uma conquista amistosa, como teimam alguns insensatos. Amistosa foi, apenas, a troca de flâmulas entre os capitães.

Não foi uma conquista desprovida de público.  Nossa final frente a "La Vecchia Signora" foi assistida por mais de "82.800" pagantes, brasileiramente alviverdes. 

Assim sendo e mesmo que ainda existam e persistam as dúvidas maledicentes, o melhor a fazer é dar de ombros. Sabemos bem o que representou, representa e representará para sempre a conquista do "Torneio  Internacional de Clubes Campeões".

Ademais, que venham os novos feitos e que o torcedor alviverde possa comemorá-los com entusiasmo. Afinal, a "Copa Rio" é História e... "HISTÓRIA NÃO É BOATO! HISTÓRIA É FATO!"



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!