PRASS ENVELHECEU? MESMO COM DOZE? PAREI! ( 10/09/2017 )
 


Peço licença ao leitor, pois não escolherei palavras.

No seio da família esmeraldina o passionalismo prima pelo excesso, como se não bastassem os adversários, as arbitragens e a imprensa.

Pedir, por incompetência, a saída do goleiro "Prass" do elenco alviverde é varrer para baixo do tapete uma história de bons serviços prestados. Inclusive se analisarmos seu desempenho no jogo deste final de semana.

Mais uma defesa de pênalti - e não foram poucas, desde 2013 - já seria o suficiente para inviabilizar o veneno dos sempre insatisfeitos, mas, por eles, "Marcos" não teria se aposentado aos "38" anos (2012). 

Quanto ao jogo, não faltaram dificuldades para "Prass" e elenco - destaque para mais um dos veteranos do time: "Dracena".  

Falar dos pênaltis e expulsões parecem "choro de perdedor", mas, na verdade é "choro de provável vencedor" - ou alguém  acha improvável que o Palmeiras venceria se a isonomia fosse respeitada. 

"Willian" foi o personagem principal dos lances capitais da partida. O chute a gol interceptado ilegalmente por "Luan" e a falta violenta sofrida antes de receber a "tarja vermelha" somatizam o destino final.

Tal carência de direitos iguais permitiram ao "Presidente Galiotte" manifestar-se representando os nosso interesses. Atitude compatível ao cargo ocupado e que passa à deriva de ser contestado, inclusive por seus críticos mais contumazes.

Não entendo que o "Palmeiras" jogou a fina flor e garanto a todos que "Galiotte" não me extrai suspiros, mas o resultado só nos eleva o moral e nos credita a postular objetivos maiores.

Embora praticamente improvável, o campeonato continua em aberto e o título disputado em 2009 - às avessas - não me sai da cabeça.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!