SOMAR E NÃO DIVIDIR (04/06/2018)
 


Acabaram-se os invictos. Azar da chamada "arrogância fora de hora".

Aliás, por falar em arrogância - um desvio de caráter -, não perderei a chance de criticar outro desvio de caráter cruel. Chamo-lhe de deslealdade.

Considero intolerável a atitude daqueles que torcem contra o próprio time, no intuito de saciar desejos apenas superficiais e nada equilibrados.

Capricho? Moda? Convocar o novo a qualquer preço? Chame como quiser. Isso não tem nada a ver com planejamento.

Alguém falou em planejamento? Acabei de lembrar no "Técnico Roger" e nas convicções atribuídas a ele.

"Roger" acredita em um plano tático ortodoxo, inflexível, que depende de atletas em boa fase técnica ou de um gol anotado em começo de jogo. Caso contrário, o imponderável passa a participar de nossos jogos com assiduidade e isso nos nivela com times até inferiores. Reside aí o erro capital cometido pelo "condottieri alviverde".

Entretanto, o mercado não nos oferece perspectivas que nos permitam mudanças. Assim sendo, o trabalho além da equipe técnica faz a diferença, mas é aí que o "porco torce o rabo".

Porém, eu prefiro crer no fechamento ideológico dos jogadores em torno de um objetivo comum e talvez inspirados por eles o restante da "Sociedade" se solidarize.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!