RESPOSTA QUE O VENTO LEVA (05/02/2019)
 


Um colega mala - não poderia ser diferente - perguntou-me o que dói mais para "Scolari": perder da forma que perdeu para a "Alemanha" ou perder no último sábado, com gol de "Avelar"?

Claro que respirei fundo e procurei o bom senso. A seguir respondi da melhor maneira possível, respeitando, é claro, meus sentimentos feridos pela queda:

Caro concorrente,

Recebi sua mensagem e mesmo que ela não "arranque suspiros", como qualquer outra merece uma resposta.

A "Alemanha" foi excessivamente feliz nos números, mas mereceu a vitória frente o "selecionado brasileiro".

Contudo, perder para um dos maiores rivais, pelo econômico placar que foi e com um gol anotado por quem anotou é algo surreal. Mas sempre é tempo para aprender e uma das coisas que mais aprendemos neste "Estadual" é que um "time" limitado pode surpreender esporadicamente.

Não vou desmerecer tal resultado, pois seria despeito de minha parte. O time alviverde não fez a leitura correta da partida e quando percebeu o erro, as pernas pesadas fizeram o desserviço.

Prefiro pensar que o mundo começa depois da tragédia e ninguém melhor do que "Scolari" sente que precisamos melhorar.

Há vários fatores que merecem uma análise fria e calculista, esclarecendo com profundidade se a vitória alcançada por vocês foi convincente ou enganosa.

Faça a pergunta ao vento e tenha a resposta. Não precisa perguntar a este colega.

Depois do corte e do sangue derramado há sempre uma cura.

"Construir para poder conquistar! Acreditar sempre!"



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!