PINGOS NOS IS (11/03/2019)
 


Na atual conjuntura da "SEP" contratar "Carlos Eduardo" e pagar o valor que foi pago... beira absurdo. Por outro lado, "Felipe", mesmo que por empréstimo, não foi a aposta pela qual arrancássemos suspiros.

Porém, os fatores facilitam as críticas quando o início não é promissor. Mesmo assim, "Carlos Eduardo" continua caro e "Felipe" não passa de uma aposta discutível.

Infelizmente, poucas palavras conseguem explicar o momento. Não sou "Mattos - o homem do dinheiro -" e muito menos "Scolari - aquele que comanda -". Sendo assim e deixando a má fé de lado, não é possível que algo positivo não esteja consolidado ao futuro.

Na qualidade de torcedor, eu carrego a esperança do futebol deixado fora do Brasil por "Carlos Eduardo" e "Felipe". Personalidade e persistência contam nessa hora difícil. Afinal, 7 e 9 jogos, respectivamente são números insustentáveis para um juízo definitivo, principalmente quando o assunto é "Estadual".

Nada está perdido e a mesma passionalidade que torce contra muda de discurso ao primeiro gol ou jogada de efeito.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!