LEMBRANÇAS QUE RESGATAM RESPEITO (13/03/2019)
 


Nada mais me surpreendeu nos últimos dias do que a entrevista concedida pelo competentíssimo "Guardiola". Ficou claro que quando um técnico é bom, ele não fala, ele prova dentro das quatro linhas.

E por falar em provar algo a alguém, "Scolari" assim o fez. Provou à exigente e venenosa imprensa brasileira que o seu bigode merece mais do que um protocolar respeito.

O que era um time com sistema defensivo consistente apresentou um meio de campo combativo, com troca de passes em velocidade e um ataque mais do que produtivo, capaz de lançar luz a uma força aérea outrora desconhecida, que desde "Leivinha (1971 a 1975)"eu não percebia. O senhor das áreas, nas bolas aéreas responde pelo nome de "Goulart".

Imaginem quando os três articuladores - "Dudu", "Goulart" e "Scarpa" - estiverem entrosados? Se "Deyverson" marcar 50% dos gols assistidos o resultado já servirá aos interesses da "Sociedade". Aliás, amigo "Borja", eu sinto muito. Aguarde por novas chances.

A noite de terça-feira foi essencial para levar juízo às cabeças concorrentes e permitir que elas meditem sobre a vida palestrina que tantos querem ver a sete palmos.

Chegamos a 100%? Longe disso! Talvez um convincente 70%, mas chegaremos lá.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História... Amizades... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira poesia perdidas.

comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!