Companheiros, a luta continua! (02/05/2013)
 


Tudo começou em Chicago e pelas mãos de trabalhadores que queriam mudar as regras do jogo em pleno século XIX. Trabalhadores que queriam mudar o seu “modus operandi”. Trabalhadores que queriam mudar o papel interpretado.

Chega de ser “coisa”. Chega de ser “animal de carga”. Chega de “se curvar ao chicote”. Depois de dois séculos, melhor organizados, os trabalhadores continuaram a defender seus interesses.

Coincidentemente, essa parece ser a história da SEP. Algo que faz com que cada palmeirense esqueça o flagelo de 2012 e pense apenas na esperança veiculada por 2013.

A SEP quer mudar e deixar sepultada no passado as incertezas que os maus dirigentes nos ofereceram. A SEP quer presentear seus jogadores com o melhor ambiente possível, onde salários atrasados e estrutura arcaica façam parte de um pesadelo que já não existe mais.

Assim sendo, resta aos atletas alviverdes defender-nos com profissionalismo, honra e dignidade; atributos dos homens que querem estampar o nome na História. Afinal, “chega de ser 'coisa'; chega de ser 'animal de carga'; chega de 'se curvar ao chicote'”. Enfim, chega de ser a “sátira adversária”.

Tijuana desdenhou a cores palmeirenses e sentiu na própria pele. Imaginou o jogo fácil e sua vida foi dificultada pelo “porém”. Amarga é a arrogância.

Agora o futuro nos pertence. Cada um de nós, jogadores, dirigentes e torcedores devem fazer a sua parte. Embora a “terra da garoa” seja uma cidade civilizada, não podemos deixar de lembrar o nosso adversário que “o inferno é aqui!”.

Sendo assim, “se o inferno é aqui”, o fogo contido em nossos olhos deve carbonizar os interesses alheios e lembrar constantemente que os esmeraldinos voltaram.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História.... Amizades ... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira e poesia perdidas.


comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!