Comentários a respeito do direito de ser feliz (19/06/2013)
 


Torcida alviverde, depois dos últimos capítulos escritos por estudantes e adeptos, nas manifestações públicas Brasil afora, algumas conclusões ficaram de aprendizado. E elas podem ser adotadas no esporte e na “Sociedade” mais especificamente. Afinal ambas as frentes lidam com mudanças significativas.

Acreditamos que o homem pode mudar o seu destino.

Acreditamos que o amor contido em cada indivíduo, por pessoas ou instituições, deve ser intenso e leal.

Acreditamos que a genuína verdade não admite ser manufaturada.

Concomitante, a “Sociedade” aprendeu a mudar o seu destino através do sufrágio.

A “Sociedade” aprendeu que jogar contra o próprio patrimônio é desconhecimento de causa.

A “Sociedade” aprendeu que o nosso presidente deve ser sincero e verdadeiro. Respirar a onisciência, onipresença e onipotência.

A “Sociedade” aprendeu que o “Palestra Itália” precisava evoluir, modernizando-se; surgiu a “Arena”; nasceu o complexo “Allianz Parque” - fruto da iniciativa privada que nos permite olhar nos olhos de quem quer que seja e não se avergonhar (em contra partida, outros estádios foram presenteados pelo poder público - frutos da “graça” ou do “clientelismo”, ambos criticados em praça pública.

Enfim, a “Sociedade” aprendeu e mudou, tal e qual o Brasil afora.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História.... Amizades ... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira e poesia perdidas.

Visite o nosso espaço eletrônico, "À LUZ DA CATEDRAL" -
www.catedraldeluz.blogspot.com


comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!