DEPOIS DE ADEMIR (05/08/2013)
 


Depois de dois anos e meio de conflitos promovidos por gente equivocada e pautada em desconhecimento de causa absoluto, quero confiar que acertamos na escolha de nossos condutores. A vergonha - sentimento cotidiano de um passado que não pode ser repetido - está acorrentada na masmorra de nosso inconsciente à espera de uma SEP forte e conquistadora.

Hoje podemos pensar no futebol como algo divertido, onde a expectativa pelo próximo jogo é constante. Ela permite o direito de especular.

Depois de Ademir, “Divino Mestre” de uma Academia que ocasionalmente teima ressurgir , quais foram os nossos três maiores exemplos de camisa dez? Cada um tem seus artistas preferidos e isso permite rodas de conversa intermináveis, às custas da boa e velha cerveja. Com a licença de todos cometerei a heresia de apresentar os meus: “Djalma, Alex e Valdívia”.

Djalma encerrou a carreira, mas o espetáculo continua na mente palmeirense. Domínio de bola, dribles, passes e lançamentos eram algumas de suas virtudes. Tempos atrás declarou que o clube de Palestra Itália foi a melhor equipe pela qual atuou – noventa e cinco jogos, quarenta e cinco gols, um título conquistado; nunca perdeu uma penalidade máxima defendendo as cores esmeraldinas.

Alex continua desfilando suas qualidades pelos estádios brasileiros, quiça mundiais. Contudo, boa parte da coletividade alviverde entende que depois dele será difícil encontrar outro – duzentos e quarenta e um jogos, setenta e oito gols anotados; quatro títulos conquistados.

Valdívia é o presente, talvez o futuro de um centenário esperado com ansiedade. É a própria passionalidade expressada pelo torcedor, presente na forma de entender e curtir futebol – cento e noventa jogos, trinta e seis gols anotados; dois títulos conquistados.

Enfim façam a escolha que melhor aprouver. Elas podem divergir, mas não mentem.



***

O escritor e colunista Catedral de Luz nasceu na turbulenta década de 60 e adquiriu valores entre as décadas de 70 e 80 que muito marcaram sua personalidade, tais como Palmeiras, Beatles, Letras, Espiritismo e História.... Amizades ... Esposa e Filha.

Os anos 90 ensinaram-lhe os atalhos, restando ao novo século a retomada da lira e poesia perdidas.

Visite o nosso espaço eletrônico, "À LUZ DA CATEDRAL" -
www.catedraldeluz.blogspot.com


comments powered by Disqus
acesso rápido
 
 
 
 
 

Palmeiras Todo Dia - O Site Oficial do Torcedor Palmeirense!